Defesa Civil de São Luís conclui mapeamento de áreas com riscos de alagamentos

A Defesa Civil de São Luís, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), concluiu o mapeamento das áreas de alagamentos situadas na capital maranhense. Os trabalhos começaram na semana passada, quando o secretário da Semusc, Marcos Affonso, determinou o início da ação, uma vez que a época das fortes chuvas está se aproximando.

“O nosso objetivo é atuar na prevenção. Uma das medidas em andamento é a limpeza dos córregos, que vai possibilitar um fluxo normal da água da chuva, evitando os alagamentos”, frisou.

Com base nas informações da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), os agentes da Defesa Civil identificaram os locais com córregos, apontando para a necessidade de limpeza desses locais, a fim de evitar transbordamentos durante as chuvas na capital. As equipes percorreram comunidades como Salinas do Sacavém, João de Deus, Novo Angelim, Recanto dos Vinhais, Cidade Olímpica e Residencial José Reinaldo Tavares.

“O levantamento foi realizado em tempo recorde pelas equipes, que não mediram esforços para concluí-lo o quanto antes. Com a conclusão do mapeamento, um relatório será enviado à Semosp, que, com base nos nossos trabalhos, fará a drenagem urbana, a fim de evitar o transbordamento dos córregos”, esclareceu o superintendente da Defesa Civil de São Luís, Alexssandro Nogueira.

O mapeamento feito pela Defesa Civil de São Luís será enviado à Semosp nesta sexta-feira (5), que traçará o cronograma de ações referentes à cada área mapeada.