Defesa Civil da Prefeitura de São Luís retira famílias de área de risco

Como parte dos trabalhos preventivos realizados pela Defesa Civil da Prefeitura de São Luís, ligada à Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (SEMUSC), duas famílias foram retiradas de uma área de risco localizada na região do Quebra Pote, na Zona Rural da cidade, durante uma ação que ocorreu nesta segunda-feira (18). Os moradores foram colocados em um local seguro, bem distante de uma chaminé que fazia parte de uma antiga olaria. A torre está na iminência de desabar.

A operação foi realizada com o máximo de cuidado, para que as famílias não corresse nenhum risco. Os móveis das casas, assim como os pertences dessas pessoas, foram colocados no caminhão do órgão, para que pudessem ser deixados nos novos lares de quem estava saindo da área de risco.

Para o secretário Marcos Affonso, titular da SEMUSC, esse trabalho preventivo é muito importante para que vidas sejam preservadas. “Na semana passada, a nossa Defesa Civil participou de uma reunião com outros órgãos sobre a retirada das famílias e demolição da chaminé. Então, a mudança foi necessária, diante de um cenário tenso para aquelas pessoas”, salientou.

A ação foi executada porque a chaminé da antiga olaria contém uma rachadura enorme, o que é um forte sinal de que poderá desmoronar a qualquer momento.

“Nossos agentes compareceram ao local e prestaram total apoio às famílias, que receberam todos os cuidados que a situação exigiu. Essas pessoas estavam correndo um risco muito grande em morar perto da chaminé. Agora, elas estão seguras”, declarou o superintendente da Defesa Civil de São Luís, Alexssandro Nogueira Costa.