.

Construção da ponte entre Central e Bequimão mantém equipes focadas no controle de qualidade de concretagem

Dois dos componentes mais expressivos na ponte entre Central e Bequimão é bem visível no local: concreto e vigas. A ponte que faz parte de uma das maiores obras de engenharia do estado, pela sua complexidade de execução em solo mole, e os desafios para o transporte de materiais como vigas metálicas, produzidas em outro estado e deslocadas até o local da obra, são um dos vários pontos de atenção dos trabalhadores.

O Governo do Maranhão, através das equipes de engenharia da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), tem dado total atenção a cada etapa da obra. A concretagem, por exemplo, é uma das fases que demandam muita atenção da equipe, e todos os detalhes são monitorados começando pela testagem da qualidade do concreto. Enquanto o vai-e-vem de operários é intenso no tabuleiro da ponte, nos bastidores, João Silva, técnico no laboratório de concretagem da obra, faz o acompanhamento, testes e avaliação do material utilizado.

“Essa é um etapa muito importante. Aqui nós sabemos exatamente que tipo de concreto e em que local ele foi aplicado na obra. Temos um relatório e fazemos um levantamento para que a qualidade desse material tão importante na obra seja superior ao esperado. Os pequenos blocos de concreto são feitos, submersos, avaliados e colocados na máquina para que ele passe pela pressão, e assim avaliamos a qualidade do que será utilizado na obra”, explicou João.

O secretário da Sinfra, Clayton Noleto, durante a última vistoria presencial no local, acompanhou o trabalho do João, que é fundamental para a segurança da obra. O secretário destacou o compromisso do Governo do Maranhão com mais essa obra de grande relevância para os moradores da região. “Aqui nós estamos vendo que cada detalhe é importantíssimo para que essa obra tão relevante seja entregue com controle de segurança e qualidade para os maranhenses. É uma obra complexa, enorme, e temos várias etapas acontecendo simultaneamente. Estamos trabalhando com muito empenho, cumprindo o nosso cronograma de execução”, destacou o secretário.

Obra em andamento
Os trabalhos no local da ponte sobre o Rio Perciumã chegaram aos 80% de execução no local. Além da concretagem no tabuleiro da ponte, as equipes trabalham nos acessos, realizando serviços de terraplanagem e drenagem no local, para que posteriormente os dos municípios também recebam pavimentação e sinalização na rodovia, até o acesso a ponte. A nova rota permite aos moradores um encurtamento entre o trajeto, economizando mais de 3 horas entre os municípios da região. A previsão de entrega da ponte é para o final deste ano.