Chef ensina receita especial de bacalhau com espinafre para o Dia dos Pais

A dica para a ocasião é o preparo de uma receita simples, mas que traz um requinte para o prato – bacalhau com espinafre. “Para os amantes de peixe, a combinação do bacalhau com o espinafre vai surpreender no resultado final.  Nessa receita, os ingredientes são reunidos em um refratário e assados no forno médio, a escolha dos ingredientes garante uma mistura de sabores incrível”, finaliza.

Confira como fazer:

BACALHAU COM ESPINAFRE

Ingredientes

1 cebola média cortada em rodelas (60 g)
1 pimentão vermelho pequeno cortado em tiras finas (30 g)
2 ovos cozidos cortados em rodelas (90 g)
1 kg de bacalhau, dessalgado, aferventado e cortado em lascas
1 e meia xícara (chá) de azeitonas verdes cortadas em rodelas (60 g)
meia xícara (chá) de azeite de oliva (100 ml)
1 envelope de tempero à base de peixe bonito HONDASHI®
folhas de um maço de espinafre (100 g)
meia xícara (chá) de nozes picadas grosseiramente (40 g)

Modo de preparo

Em um refratário retangular médio (20 x 30 cm), disponha camadas com a cebola, o pimentão, o ovo, o bacalhau e a azeitona.
Regue com o azeite, previamente misturado com o HONDASHI®, cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por 20 minutos, ou até a cebola e o pimentão estarem macios.
Retire o papel, espalhe o espinafre e as nozes pela superfície, e volte ao forno quente, porém desligado, por 5 minutos, ou até o espinafre murchar.
Sirva em seguida.

Dica: Para o pré-preparo, coloque o bacalhau em uma tigela grande, cubra com água e leve à geladeira de um dia para o outro, trocando a água pelo menos quatro vezes nesse período. Afervente e corte-o em lascas. Você pode adicionar tomate à receita, assim destacará o umami – o quinto gosto do paladar humano -, que deixa a receita ainda mais saborosa!

Tempo de preparo: 30 minutos (+ 24h para o pré preparo do bacalhau)

Serve: 8 porções

UMAMI
É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/gostoumami e instagram.com/ogostoumami.