A escola do futuro que já é realidade no Dom Bosco

Após um grande investimento em pesquisas, viagens e intercâmbios internacionais com o que há de ponta na educação contemporânea, o Colégio Dom Bosco acaba de implantar o conceito de uma “Escola Exponencial” e, antes mesmo de inaugurar as novas instalações que representam esse concepção de escola do futuro, o semestre letivo de 2019 já começou com novidades na proposta pedagógica.

Seis componentes impulsionam esse conceito para uma aprendizagem mais moderna: a Educação por Competências, Mentoring; Projetos Exponenciais; DNA Empreendedor e Business, Singapore Math e o LabMaker, além dos já consolidados projetos de alfabetização com a ópera, os cases, a leitura crítica e investigativa e o foco em resultados.

Entre os diferenciais da metodologia utilizada no Dom Bosco, destacam-se: O processo de ensino-aprendizagem é focado no protagonismo do aluno e suas experiências; adoção de ferramentas interativas e tecnologias digitais de ponta; e as metodologias ativas, como os projetos interdisciplinares, design thinking e a sala de aula invertida.

Os estudantes do Dom Bosco são expostos a um trabalho de metacognição que habilita cada aluno a conhecer e refletir sobre seu próprio processo de aprendizagem; identificando e trabalhando erros e acertos, pontos fortes e fracos. Ao adotar rotinas do pensamento, baseadas em procedimentos desenvolvidos pela Universidade de Harvard (EUA), o Dom Bosco estimula os aprendizes a serem pensadores mais críticos e futuramente, profissionais prontos a atuar em mercados inovadores e mutantes, que estão em constante disrupção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.