.

4 dicas infalíveis para dominar a oratória e conquistar sucesso na entrevista de emprego

Conquistar uma vaga de emprego é um sonho que acompanha 13,7 milhões de brasileiros, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente. Apesar da alta taxa de desemprego no país, o número de empregos temporários vem crescendo e se tornando a esperança para quem tanto sonha com um trabalho fixo.

Dados da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Assertem) estimam que, até o fim deste ano, pelo menos 565 mil vagas temporárias devem ser abertas no Brasil. Apontando um crescimento de 20% em relação às mais de 471 mil vagas criadas no mesmo período de 2020. Ainda segundo a entidade, 60% das contratações temporárias devem ser impulsionadas pela Indústria, 25% pelo setor de Serviços e 15% pelo Comércio.

Porém, para conquistar uma dessas vagas é preciso estar preparado para enfrentar a desejada, porém “temida” entrevista de emprego. Giselle Moreira, que é especialista em oratória na Vox2You São Luís, destaca três dicas valiosas para melhorar o desempenho dos candidatos na hora do recrutamento.Veja a seguir!

  1. Pesquisar a empresa

Da mesma forma que as pessoas se preparam para responder a um teste de conhecimento, também devem se preparar com bastante informação e conhecimento sobre a empresa onde querem atuar. “A primeira dica para quem já foi selecionado para a entrevista é conhecer bem a empresa. Pesquise, estude, leia notícias relacionadas. Veja quais são os valores da organização, as características, converse com pessoas sobre a imagem da empresa e veja se você se encaixa no perfil”, orienta.

  1. Prática como treino

Não tem jeito: somente a prática leva à perfeição. Por isso, a segunda orientação da facilitadora é treino. “Ensaie a sua apresentação na frente do espelho, veja como se comporta, corrija os vícios de linguagem, expressões como ‘tipo assim’, ‘né’, ‘daí’, entre outros. Treine quantas vezes por possível. Simule a entrevista, falando com outra pessoa; ou mesmo grave um vídeo para se autoavaliar”, ensina Giselle.

  1. Aparência conta muito

O que para muitos pode parecer supérfluo, na verdade, é muito importante em uma avaliação para o emprego: a forma como você é percebido assim que chega a um lugar, a sua aparência conta muito. “Com antecedência e calma, escolha e separe sua roupa para a entrevista”, pontua Giselle, que recomenda a escolha de roupas leves, confortáveis, em tons preferencialmente neutros, para evitar chamar a atenção mais do que as suas habilidades e o seu diálogo.

Outra dica importante nesse contexto é o cuidado com a escolha de acessórios. “Quanto menos, melhor, pois o excesso de acessórios também pode desviar a atenção do recrutador”, observa.

  1. Olho no olho

Já para o momento da entrevista em si, a especialista repassa uma orientação valiosa: “No momento da entrevista, mantenha o contato visual com o entrevistador. Isso porque quando o olhar não é retribuído no momento da fala, há a perda de interesse e, como consequência, vem a desconcentração. Lembre-se, ainda, de se manter calmo e usar a respiração a seu favor. Nada de chegar em cima da hora da entrevista e ficar ofegante, pelo contrário, chegue cedo e vá exercitando sua respiração com calma e tranquilidade”, conclui Giselle Moreira.