168 anos de Imperatriz é comemorado com homenagens

Os títulos atribuídos à Imperatriz ao longo dos seus 168 anos de existência dão conta de parte da história que se desenrolou por esses cantos. Seja a cidade reconhecida por Princesa do Tocantins, Portal da Amazônia, Capital Brasileira da Energia ou Metrópole da Integração Nacional, são inúmeros os acontecimentos que fazem parte de sua biografia e contribuíram para seu crescimento.

Por conta da distância geográfica da capital São Luís, Imperatriz também já foi conhecida como a Sibéria Maranhense. Até a década de 50, a cidade tinha um lento crescimento econômico e populacional. Tudo mudou com o início da construção da rodovia Belém Brasília. Logo, o município passou a ter um surto de desenvolvimento a partir dos anos 1960 e assim recebendo na década seguinte um grande fluxo migratório.

Já passou por diferentes ciclos econômicos: ciclo do arroz (1950-1980), ciclo da madeira (1970-1981) e ciclo do ouro (1980-1990). Por conta do atual bom funcionamento dos setores da agricultura, pecuária, extrativismo vegetal, comércio, indústria e serviços, Imperatriz é o segundo maior centro econômico, político, cultural e populacional do Estado. Sendo o principal da região que liga o sudoeste do Maranhão, norte do Tocantins e sul do Pará.

Imperatriz comemora mais um ano da sua fundação no dia 16 de julho. Em decorrência da pandemia do Novo Coronavírus, Covid-19, não será possível realizar a tradicional programação de aniversário da cidade, devido ao potencial de aglomeração dos eventos. Diante disso, a Prefeitura realiza a celebração por meio de live no Facebook e Instagram oficiais do Município nesta quarta-feira, 15 de julho, às 18h.

No lugar do famoso corte do bolo feito todos os anos nas primeiras horas do dia 16 em frente à Prefeitura, serão distribuídos 168 pedaços entre os participantes da live e também entregues em casas abrigo dos programas da Secretaria de Desenvolvimento Social. Também para marcar as festividades, a Fundação Cultural de Imperatriz realiza o Corredor Cultural, que conta com a exposição das obras de 10 artistas plásticos locais, entre os dias 15 e 17 deste mês no Calçadão, no Centro.

Em 2020, as tradicionais solenidades em alusão ao aniversário da cidade dão lugar às homenagens da Prefeitura aos 259 cidadãos que infelizmente perderam suas vidas por conta da doença. Dessa maneira, a entrega da honraria Eterna Gratidão à 13 personalidades pretende reconhecer o serviço prestados no enfrentamento da Covid-19 e ainda condecora os profissionais da saúde vitimados.

O gestor Assis Ramos comenta que em decorrência de todas as dificuldades que a doença trouxe para a cidade, este não será o mais festivo dos aniversários de Imperatriz. “Embora tenhamos muitos avanços a comemorar na saúde, educação e segurança, ficamos reflexivos com o estrago provocado pela pandemia em nossas vidas. Nesta data em especial, prestamos as nossas mais sinceras homenagens a todos que perderam suas vidas”, declara.

Como parte do evento comemorativo, a Secretaria de Regularização Fundiária deu início à entrega gradativa de 700 títulos definitivos de moradia aos cidadãos imperatrizenses. 40 titulações por vez são entregues na sede da secretaria, com convocações e avisos prévios aos requerentes.

Além do pronunciamento do prefeito Assis Ramos, a programação da live tem a transmissão de produções audiovisuais para rememorar aqueles que vieram a óbito e prestar os devidos agradecimentos aos que combatem a Covid-19 na linha de frente. “Honramos nossos profissionais da saúde, que se expuseram e tivemos alguns tristemente levados de nós. Outros que permanecem aqui, na mesma batalha, porque a guerra ainda não acabou. Também congratulamos todos que se dispuseram a ajudar de todas as formas’, completa o prefeito.

  • Homenageados pelas honraria Eterna Gratidão

– Em memória dos profissionais da saúde:

Amauri de Sousa Macedo (Médico)

Antonio Santana Sales (Técnico de Enfermagem)

Edilson Dias Leão (Médico)

Iraildes Carvalho Sousa (Técnica de Enfermagem )

Júlio Bonifácio Vieira (Médico)

Maria de Lourdes Porciano (Médica)

Wesley Kamp Teixeira Crama (Enfermeiro)

– Profissionais da linha de frente homenageados:

Antonia Iracilda Viana (Diretora Regional de Saúde)

Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACIIMA)

Irisnaldo Félix (Médico e idealizador do Ambulatório do Centro de Convenções)

Mariana Jales (Secretária de Saúde)

Ten. Cel. Rodrigo Oliveira Genial (Comandante do 50º BIS)

Vitor Pachelle (Diretor do Hospital de Campanha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.