Vila Nova dos Martírios fica em 3° lugar no Programa Previne Brasil.

Vila Nova dos Martírios fica em 3° lugar no Programa Previne Brasil.

Vila Nova dos Martírios está entre os 100 municípios do Maranhão que obtiveram maior nota na avaliação do Programa Previne Brasil, desenvolvido pelo Governo Federal. O município obteve a pontuação de 3.39 no Indicador Sintético do primeiro quadrimestre. Isso significa melhoria no acesso, na qualidade e na resolutividade dos serviços prestados pelas Equipes de Saúde da Família-ESF para a população vilanovense. Em 2020, o município obteve nota 3.37.

Segundo esses dados, Vila Nova dos Martírios ocupa atualmente o 3° lugar entre os municípios que compõem a Regional de Saúde de Açailândia- MA. As cidades de São Francisco do Brejão e Açailândia ocupam os primeiros lugares, respectivamente.

 “Essa conquista se deve a competência e envolvimento da ótima equipe que colocamos na gestão e que estão engajados em fazer uma Vila Nova melhor para nosso povo. É o resultado de cinco meses de trabalho que está aparecendo. E quero dizer, meu povo, que isso é só o começo, nós vamos fazer uma Vila Nova para servir de modelo na região”, comenta o Prefeito Jorge Vieira.

A Secretária de Saúde, Lana Amaral, reforça que “estamos trabalhando diuturnamente para dar uma qualidade de vida melhor para os vilanovenses através de saúde e qualidade de vida. Nossas equipes de saúde estão de parabéns por mais essa conquista para nossa população” reiterou.

ISF- Indicador Sintético Final.

Os indicadores de avaliação e monitoramento pelo programa Federal, o E-SUS, são os seguintes: Proporção de gestantes com pelo menos seis consultas pré-natal realizadas, sendo a primeira até a 20ª semana de gestação; Proporção de gestantes com realização de exames para sífilis e HIV; Proporção de gestantes com atendimento odontológico realizado; Cobertura de exame citopatológicos; Cobertura vacinal de poliomielite inativada e de pentavalente; Percentual de pessoas hipertensas com pressão arterial aferida em cada semestre; Percentual de diabéticos com solicitação de hemoglobina glicada.