UEMA conquista primeiro lugar no Prêmio A3P do Ministério do Meio Ambiente

Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), por meio da Assessoria de Gestão Ambiental (AGA), conquistou o 1º lugar no 8° Prêmio Melhores Práticas de Sustentabilidade – Prêmio A3P do Ministério do Meio Ambiente, na categoria “Gestão de Resíduos”, com o projeto: Aproveitamento de resíduos sólidos orgânicos do Restaurante Universitário – RU/UEMA em compostagem na Fazenda Escola de São Luís – FESL.

A universidade concorreu com grandes instituições como o Instituto Butantan com o projeto: Valorização de Tyvek® oriundos de plantas industriais do Instituto Butantan e a Prefeitura Municipal de Cubatão/SP, com o projeto Minhoca Amiga – Compostagem.

Esta é a segunda vez que a UEMA é premiada. Em 2018, a IES ficou em terceiro lugar na mesma categoria.

O resultado desta edição foi divulgado na manhã de quinta-feira (17), durante o 11º Fórum de Gestão Integrada de Resíduos, que foi transmitido virtualmente pelo canal do Ministério do Meio Ambiente, na plataforma YouTube.

Nesta edição, o Prêmio A3P contou 15 instituições finalistas em cinco categorias, sendo 3 finalistas para cada categoria: Uso Sustentável dos Recursos Naturais, Inovação na Gestão Pública, Gestão de Resíduos, Destaque da Rede A3P e a Categoria Especial: Combate ao Lixo no Mar.

Sobre A3P

A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um programa do Ministério do Meio Ambiente que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade.

A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública, enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.