TJMA faz plantio de Ipê Amarelo em ato de prevenção ao suicídio

Como ato simbólico e de sustentabilidade da campanha de prevenção ao suicídio e valorização da vida “Escolha Viver!”, o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) fez o plantio de um Ipê Amarelo em frente ao prédio-sede do Palácio de Justiça, nesta quinta-feira (17).

Durante o mês de setembro, o TJMA tem promovido uma programação em alusão ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio (10 de setembro), com o objetivo de chamar atenção à problemática, buscar a redução de casos e conscientizar a população sobre a prevenção, no âmbito do Poder Judiciário do Maranhão.

Desde o dia 1º, o prédio do Tribunal recebeu uma iluminação amarela para conscientização da causa. A iluminação pública é uma das ações determinadas pelo presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo, sobre a prevenção ao suicídio e valorização da vida humana.

BATE-PAPO

A próxima atividade programada pela Campanha “Escolha Viver!” um bate-papo com servidores, com o tema “Dialogando sobre o sentido da vida: estratégias de prevenção em saúde mental”, com os palestrantes Eliandro Romulo Cruz Araujo e Tatiana Oliveira de Carvalho. O evento virtual acontecerá no dia 24 de setembro, às 14h, pela plataforma Zoom.

Para participar do bate-papo no Zoom, o servidores do TJMA devem fazer as inscrições por e-mail da divisão psicossocial (divpsico@tjma.jus.br), no período de 14 a 22 de setembro, devendo constar o nome, a matrícula e o telefone.

ONDE PROCURAR AJUDA

Para obter ajuda e apoio emocional de prevenção ao suicídio, o Centro de Valorização da Vida (CVV), atentende de forma voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias, discando 188.

No Maranhão, também há atendimentos disponíveis nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), hospitais, postos de saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e nas secretarias municipais de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.