TIM inova no segmento de Internet das Coisas

A operadora, líder da cobertura 4G e pioneira no uso da frequência 700 MHz no Brasil, mantém fortes investimentos em rede e adotou como padrão as tecnologias NB-IoT e LTE-M, que sustentarão uma série de lançamentos no segmento de Internet das Coisas. Para tanto, a operadora acaba de aprovar a criação de uma unidade operacional dedicada para o desenvolvimento de soluções de IoT & Analytics. utilizando conceitos e métodos de startups.

O objetivo das unidades será de agregar serviços de valor à conectividade, principalmente nas áreas prioritárias para a TIM: Agropecuária, Cidades, Saúde e Transportes.

  No setor de Agronegócio, a companhia trabalha em projetos e parcerias que viabilizem soluções para o campo com a tecnologia LTE junto a empresas que conhecem o setor e fornecem soluções inteligentes para a produção agrícola e de pecuária. Em parceria com a Embrapa, Qualcomm, e o ISES (Instituto de Socioeconômica Solidária), a TIM participa do Programa de Desenvolvimento de Tecnologia para uso de Drones em Agricultura de Precisão. A iniciativa permite a coleta, o processamento, a análise e a transmissão para os laboratórios da Embrapa, em tempo real, de dados e imagens armazenadas pelos drones através da rede 4G da TIM. Com esta solução, tecnologias inovadoras estão ao alcance dos agricultores, agentes ambientais e profissionais que atuam no desenvolvimento da agricultura de pequeno e grande porte. A operadora, em parceria também com a Embrapa, participa do projeto Ideas for Milk, para desenvolver soluções que aumentem a eficiência de um ou mais segmentos da cadeia produtiva de leite.

Já na área de Saúde, a TIM está desenvolvendo uma solução que vai auxiliar o usuário a identificar a melhor unidade de atendimento em sua região, com informações sobre distância a ser percorrida, filas de espera e tempo de atendimento previsto em hospitais, postos de saúde e unidades de pronto atendimento. O projeto piloto acontecerá no interior do estado do Rio de Janeiro, ainda neste ano.TIM inova no segmento de Internet das Coisas

A operadora, líder da cobertura 4G e pioneira no uso da frequência 700 MHz no Brasil, mantém fortes investimentos em rede e adotou como padrão as tecnologias NB-IoT e LTE-M, que sustentarão uma série de lançamentos no segmento de Internet das Coisas. Para tanto, a operadora acaba de aprovar a criação de uma unidade operacional dedicada para o desenvolvimento de soluções de IoT & Analytics. utilizando conceitos e métodos de startups.

O objetivo das unidades será de agregar serviços de valor à conectividade, principalmente nas áreas prioritárias para a TIM: Agropecuária, Cidades, Saúde e Transportes.

  No setor de Agronegócio, a companhia trabalha em projetos e parcerias que viabilizem soluções para o campo com a tecnologia LTE junto a empresas que conhecem o setor e fornecem soluções inteligentes para a produção agrícola e de pecuária. Em parceria com a Embrapa, Qualcomm, e o ISES (Instituto de Socioeconômica Solidária), a TIM participa do Programa de Desenvolvimento de Tecnologia para uso de Drones em Agricultura de Precisão. A iniciativa permite a coleta, o processamento, a análise e a transmissão para os laboratórios da Embrapa, em tempo real, de dados e imagens armazenadas pelos drones através da rede 4G da TIM. Com esta solução, tecnologias inovadoras estão ao alcance dos agricultores, agentes ambientais e profissionais que atuam no desenvolvimento da agricultura de pequeno e grande porte. A operadora, em parceria também com a Embrapa, participa do projeto Ideas for Milk, para desenvolver soluções que aumentem a eficiência de um ou mais segmentos da cadeia produtiva de leite.

Já na área de Saúde, a TIM está desenvolvendo uma solução que vai auxiliar o usuário a identificar a melhor unidade de atendimento em sua região, com informações sobre distância a ser percorrida, filas de espera e tempo de atendimento previsto em hospitais, postos de saúde e unidades de pronto atendimento. O projeto piloto acontecerá no interior do estado do Rio de Janeiro, ainda neste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.