Plantão

Sebrae promove workshop sobre técnicas de vendas no Mercado Livre em São Luís

A economia digital nunca foi tão explorada quanto nos últimos anos, assim apontou o consultor e empresário Vinícius Victor Silva, no workshop “Aprenda a vender no Mercado Livre”, realizado pelo Sebrae nesta terça-feira (02), no Sebraelab (Multicenter Negócios e Eventos). Em quatro horas de formação, o consultor certificado do Mercado Livre explicou as melhores técnicas, ferramentas e estratégias para se vender na plataforma e garantiu que dezenas de empreendedores saíssem do encontro prontos para fazer suas primeiras negociações.

Ao ser questionado durante o treinamento sobre as vantagens de se ter um negócio dentro do Mercado Livre, Vinícius Victor Silva explicou que a plataforma tem hoje a maior fatia do faturamento derivada do Brasil em decorrência da densidade populacional. “Quando a gente pensa em varejo aqui no Brasil, estar no Mercado Livre hoje, sendo varejista, indústria, fábrica, pessoa em transição de carreira, é apostar numa renda extra segura”, comenta.

Os motivos para isso, segundo o consultor, são: o alcance do Mercado Livre dentro da população brasileira – um a cada três celulares no Brasil tem um aplicativo do Mercado Livre instalado; o índice de conversão do Brasil hoje é de 1,2%, ou seja, para se fazer uma venda, em média, 120 pessoas precisam clicar em um anúncio; e o produto no Mercado Livre vai aparecer diretamente no Google e em outras plataformas de busca. Além disso, há a confiança que o brasileiro tem no Mercado Livre. 

“Hoje, o metro quadrado mais caro para publicidade é o comercial em celular. Então, provavelmente, assim que você acorda, a primeira coisa que você faz é ver algo no celular, e muito provavelmente a última coisa que você faz antes de dormir é pegar no seu celular também e checar algo. Então, pensa que seu produto vai estar na mão de um a cada três brasileiros, no mínimo, num site bem confiável e divulgado”, analisa.

Ao longo do workshop, Vinícius Victor apresentou aos participantes números relativos ao impacto da plataforma no mercado brasileiro, explicou como funciona o ecossistema de vendas, detalhou como os empreendedores podem fazer a precificação, como devem estabelecer um relacionamento com fornecedores, detalhou custos dos vendedores e os níveis de ranqueamento, e ainda garantiu que todos saíssem do encontro com ferramentas para o cálculo de dados da venda, ao disponibilizar suas próprias planilhas de gestão.

Uma notícia importante repassada pelo consultor foi que hoje há uma expectativa de crescimento de vendas dentro do Nordeste. “Vocês precisam começar a mirar no público do próprio Nordeste brasileiro para garantir boas vendas dentro do Mercado Livre. Enquanto no Sul e Sudeste a concorrência é grande, o Nordeste é uma região a ser desbravada”, sinalizou o consultor, que também mantém suas iniciativas de venda de peças automotivas dentro da plataforma. “O que estou trazendo hoje é aquilo que eu mesmo faço. É um conhecimento prático e aplicado no meu dia a dia”, assegura.

Aprendizagem garantida

O workshop faz parte de um conjunto de estratégias de capacitação oferecidas pelo Sebrae para colaborar com a formação do empreendedor maranhense, de acordo com Mauro Formiga, gerente da Unidade de Negócios do Sebrae em São Luís. “Microempresas e empresas de pequeno porte, com técnicas, ferramentas e estratégias, podem hoje garantir boas vendas no Mercado Livre. O Sebrae proporciona um leque de soluções, de serviços muito interessantes para contribuir com esse conhecimento que os empresários têm. E nesse sentido, estamos trazendo mais uma oportunidade para diversificar suas vendas por novos canais”, frisa o gerente.

Para descobrir meios de adaptar seu negócio para o Mercado Livre, José Matheus Santos Pestana, que atualmente mantém uma loja virtual no Instagram, inscreveu-se no treinamento. “Quero descobrir como posso usar a plataforma a meu favor, e você sabe, conhecimento é a gasolina da alma”, afirmou. Com a mesma expectativa de ampliar os horizontes, Tatiane Carvalho compareceu ao evento mirando lançar uma loja de roupas infantis dentro da plataforma. “Estou em um momento decisivo da minha vida e preciso trabalhar para gerar renda para a minha casa, por isso não quis perder a oportunidade de fazer este curso”, explica.

Com ampla experiência em vendas e preparando-se para prestar consultoria em e-commerce para outras pessoas, a vendedora Tatiane Silva avaliou o workshop como um divisor de águas. “Estou aqui para ajudar amigas que já fazem vendas a lançarem seus produtos no mercado. O conhecimento que o Vinícius Victor trouxe hoje vai ser muito bem aplicado. Já trabalhei um tempo com o Mercado Livre, mas precisava descobrir mais coisas. As ferramentas e planilhas que ele disponibilizou vão me ajudar bastante”, ressalta.

Semana da Micro e Pequena Empresa

De 22 a 26 de outubro, o Sebrae realizará em São Luís a Semana da Micro e Pequena Empresa. O evento contará com exposição no setor de beleza e bem-estar, área de negociação com representantes da Amazon e da Magazine Luiza, além de palestras e painéis com temas fundamentais para o setor.