Sebrae Maranhão contribui em programa de cooperação com Moçambique para o desenvolvimento sustentável local

Buscando estreitar relações entre Maranhão e Moçambique para o desenvolvimento sustentável de ambas as localidades, o Sebrae Maranhão recebeu, nesta quinta-feira (25), visita do deputado António Rosário Niquice, de Moçambique, e de representantes da Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA (FSADU). O encontro faz parte da agenda de ações estratégicas da FSADU para desenvolver um programa de cooperação internacional entre a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Universidade de Licungo, de Moçambique.

“Aproveitando esse intercâmbio, nós teremos condições de dar salto de qualidade com muito maior velocidade. Para nós, a parceria com o Sebrae é estratégica, é fundamentalíssima”, afirma o diretor de planejamento e inovação da Fundação Sousândrade, Raimundo Palhano.

Na visão do parlamentar estrangeiro, que vai desempenhar um papel essencial no programa, o encontro com o Sebrae possibilitou conhecer o trabalho que a instituição desenvolve junto aos pequenos negócios locais e compartilhar boas práticas e experiências. “Vale a pena tomar partido desse manancial de informação e ver também como construir as pontes, a ligação, para que isso beneficie a médio e longo prazo os dois países”, avalia o deputado moçambicano.

Para o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, Albertino Leal, o momento oportunizou trocas importantes de conhecimento e vivências. “Moçambique é um país que tem uma proximidade cultural muito grande com o Maranhão. Então foi uma honra para nós, do Sebrae, participarmos desse momento recebendo o Parlamento, discutindo ideias e levando ações que, inclusive, já fizemos lá”, diz o dirigente.

Em outubro de 2023 o Sebrae foi convidado pelo governo de Moçambique para participar de uma missão ao país. O objetivo faz parte do interesse do Sebrae em contribuir com iniciativas, em especial com países de língua portuguesa. Representantes do Sebrae Maranhão conheceram o ambiente de negócios e o Instituto de Promoção das Micro e Pequenas Empresas de Moçambique, cuja criação foi inspirada no Sebrae.

Na visita foi apresentado o Programa Cidade Empreendedora, onde foi enfatizada a importância da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas que despertou o interesse do país em criar esta lei. A visita permitiu a construção de um módulo do Cidade Empreendedora, especialmente para aquele país.

O Cidade Empreendedora, programa desenvolvido pelo Sebrae tem como um dos principais objetivos ajudar os gestores públicos a desenvolver os pequenos negócios em seus municípios, proporcionando o desenvolvimento socioeconômico.

Na ocasião, também estiveram presentes o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Celso Gonçalo, a gerente da Unidade de Empreendedorismo Territorial do Sebrae, Hildenê Maia, o analista técnico Fernando Reis, da Unidade de Ambiente de Negócios do Sebrae, e o representante da sociedade civil no Conselho Curador da Fundação Sousândrade, Abdelaziz Aboud Santos.