Sebrae leva alunos com Down ao Centro Histórico de São Luís

Nesta quinta-feira, dia 25 de outubro, os 20 alunos do curso do Sebrae “Orientando Pessoas com Síndrome de Down” estarão em campo para conhecer um pouco mais sobre a história de São Luís, em um passeio guiado pelo Centro Histórico e alguns equipamentos culturais do local.

A visita inicia pelo acervo do Palácio dos Leões, às 9h, seguida de uma pauta com o governador Flávio Dino que receberá os alunos, acompanhados pelo diretor superintendente do Sebrae estadual, João Martins, pela diretora de Administração e Finanças, Rachel Jordão e por técnicos da instituição ligados aos projetos de Educação Empreendedora e de Turismo.

A ação prossegue pelo período da manhã, com visita à Praça Pedro II, Praça Benedito Leite, Museu do Reggae e encerramento na Rua Portugal onde observarão o conjunto arquitetônico e de azulejos que representa bem o Centro Histórico da cidade. A previsão é de encerrar até às 11h30.

A visita ao Centro Histórico e aos equipamentos culturais do local integra a carga horária do Curso Orientando Pessoas com Síndrome de Down para Atender Bem, capacitação ofertada pelo Sebrae desde setembro. As aulas acontecem duas vezes por semana (terças e quintas), abordando assuntos como relações interpessoais, autoconhecimento, autoestima e autoconfiança; público e como encantá-lo; hábitos do trabalho (pontualidade, responsabilidade, hierarquia, higiene e rotina); dimensão de espaço, noções de direção e palavras mágicas; comunicação, linguagem corporal e alegria no atendimento; belezas de São Luís e incentivo ao trabalho em equipe.

A metodologia do curso é vivencial e participativa, por meio de jogos, situações simuladas e das experiências advindas das atividades, onde são retirados os conceitos e os conhecimentos objetivados, além de momentos expositivos, de reflexão e de exibição de vídeos.

Além da coordenação de Educação Empreendedora do Sebrae Maranhão, estão juntos na ação desta quinta-feira, no Centro Histórico, a Unidade Regional do Sebrae em São Luís, por meio do Projeto Cadeia de Valor do Turismo, e a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.