Sebrae e EMAP ampliam parceria para melhorar atendimento no Terminal de Cujupe

A diretoria executiva do Sebrae no Maranhão e da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) firmaram, nesta semana, convênio que amplia parceria entre as instituições para capacitação dos donos de pequenos negócios no Centro de Comercialização do novo Terminal de Passageiros do Cujupe, que deve ser anunciado pelo governador Flávio Dino nos próximos dias.
 
“É uma obra esperada há muitos anos pela comunidade, não somente pelos usuários dos ferry boats, como também pelos moradores da Baixada, e que terá um grande impacto positivo na região. E durante todo o período da obra, que deve ser de um ano, o Sebrae estará trabalhando junto conosco, preparando e requalificando toda aquela mão-de-obra de vendedores ambulantes que tiram seu sustento da venda de alimentos, bebidas e artesanato, para que estejam melhor organizados e atuem de maneira sustentável”, disse o presidente da EMAP, Ted Lago.

O superintendente do Sebrae explicou que o convênio amplia a parceria iniciada há alguns meses, quando a instituição realizou uma pesquisa para levantar o número de pequenos negócios e o perfil dos consumidores no terminal hidroviário. O estudo também analisou a viabilidade econômica e as necessidades de adaptação e melhoria dos micro e pequenos empreendimentos instalados no local.

Na nova fase da parceria, o Sebrae vai orientar os empreendedores locais para a regularização e formalização de seus pequenos negócios, além de capacitá-los em gestão empresarial, boas práticas de atendimento e manipulação de alimentos, de forma a oferecer melhores serviços aos cerca de 120 mil passageiros que circulam mensalmente no Cujupe, com destino à capital ou aos municípios da Baixada Maranhense

“É uma parceria que vai orientar essas pessoas para que agreguem mais valor aos seus produtos, melhorem seu atendimento. Se haverá um novo porto, com uma nova estrutura para atender os passageiros, é necessário que haja também um atendimento de qualidade, o oferecimento de produtos certificados e seguros para os consumidores. E que bom que podemos fazer isso disponibilizando o portfólio de produtos do Sebrae, contribuindo para o desenvolvimento do empreendedorismo nessa região”, declarou o diretor superintendente do Sebrae, João Martins.

O trabalho de capacitação envolverá os 100 ambulantes cadastrados para o comércio no terminal, e será desenvolvido durante o período de realização das obras de reforma e adequação do novo Terminal de Passageiros do Cujupe.

 “É uma chance que temos de apoiar os pequenos negócios do Centro de Comercialização do Cujupe, levando conhecimento básico empresarial que os empreendedores locais ainda não tem; e, por esta razão, podem estar perdendo dinheiro, não ter sustentabilidade em seus negócios, ou, o que é pior, estarem atendendo mal seus clientes, e oferecendo produtos sem os cuidados necessários com a higiene e saúde pública. Para nós, é também  uma oportunidade de mostrar que podemos ajudar não só essa comunidade, mas outras com os mesmos problemas e que possamos fazer essas intervenções”, avalia o diretor técnico do Sebrae-MA, José Morais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *