O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Rosana da Saúde quer instituir o Dia de Combate à Covid-19 em São Luís

A vereadora Rosana da Saúde (Republicanos) – que é a 5ª secretária da Mesa Diretora da Câmara de São Luís, apresentou um projeto para estabelecer no calendário oficial da capital maranhense, o “Dia Municipal de Combate e Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID-19)”, a ser comemorado anualmente, no dia 26 de fevereiro.

A ideia da proposta, segundo a parlamentar, é criar hábitos, que se tornarão experiências cada vez mais presentes, na realidade de todos os habitantes da capital maranhense.

“O novo Coronavírus, ficará marcado na memória da população mundial, em especial, na dos ludovicenses, sobretudo, pelo seu poder altamente destrutivo. Sua capacidade de ceifar vidas impressiona até o mais cético dos seres humanos. Certamente, as pessoas adotarão costumes mais saudáveis e previdentes, mesmo após a pandemia. Hábitos que se tornarão experiências cada vez mais presentes na realidade de todos os habitantes da capital maranhense”, diz a parlamentar em sua justificativa.

De acordo com o Projeto de Lei 004/2021, “no dia dedicado ao combate da doença serão desenvolvidas atividades diversas, que enalteçam os cuidados com a higiene pessoal e a saúde dos indivíduos, de modo a evidenciar os benefícios da vida saudável, além da abordagem de ações de prevenção, enfrentamento às causas e consequências do novo coronavírus na sociedade ludovicense”.

A proposição está em tramitação na Câmara de São Luís e ainda não tem previsão de quando deve ir ao plenário. O texto foi sugerido por Rosana da Saúde, no dia 26 de janeiro deste ano.

A vereadora explica, ainda, que a data foi escolhida tomando como base, “o primeiro caso da doença no Brasil que foi confirmado em São Paulo”. Trata-se de um homem de 61 anos que deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, no dia 24 de fevereiro, durante o Carnaval de 2020. Após sucessivos exames, a confirmação veio no dia 26 de fevereiro.