Retrospectiva – Com Pacto pela Aprendizagem, Governo do Maranhão investe em educação infantil nos 217 municípios

A agenda do Pacto pelo Fortalecimento da Aprendizagem, instituído pelo Governo do Estado, avançou em 2020 com uma série de atividades desenvolvidas para melhorar a qualidade da aprendizagem e alfabetização das crianças maranhenses, com apoio às redes municipais de ensino para a qualificação de secretários de educação, gestores escolares e professores do Infantil 2 e do 1° e 2° ano do Ensino Fundamental.

Neste ano, para fortalecer e garantir as ações do Pacto, o governo firmou importantes parcerias com a Associação Bem Comum; Fundação Lemann; Fundação Vale; Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef/Brasil); Instituto Natura; e com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

“A luta do Governo do Maranhão é para que, nunca mais, nenhuma criança nesse nosso estado seja retirada da escola para dar vaga a filhos de pessoas que se julgam importantes; que nunca mais, nenhuma criança, tenha que deixar a escola porque precisa trabalhar, ou porque não consegue avançar nos estudos, porque o ensino não é atrativo. Por isso, esse governo é o que mais investiu em educação na história do estado”, destacou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Em 2020, as ações do Pacto contemplaram: formação de professores alfabetizadores, gestores educacionais e técnicos municipais; monitoramento e acompanhamento das ações; recursos didáticos aos profissionais, além de ações que envolvem diretamente quase 450 mil pessoas entre estudantes, gestores escolares, professores coordenadores pedagógicos, dentre outros profissionais.

App Pacto pela Aprendizagem

Para facilitar o acesso dos Articuladores Pedagógicos Municipais e Regionais (APMs e APRs) aos materiais dos ciclos formativos, de forma remota, a Seduc desenvolveu o aplicativo Pacto pela Aprendizagem, com os formulários de monitoramento e os materiais dos ciclos (módulos I e II), que contempla apostilas, pautas, slides de apoio e documentos complementares, tutoriais de ferramentas, dentre outros.

Participam dos ciclos formativos estaduais, as equipes de Articuladores Pedagógicos; e dos ciclos formativos municipais: gestores, coordenadores pedagógicos, equipes técnicas das Secretarias Municipais de Educação e professores alfabetizadores. Além disso, a Seduc também realiza webinários com foco em alfabetização, destinados a profissionais das redes municipais de ensino.

O presidente da Undime-MA, Marcony Pinheiro, destaca a importância do Regime de Colaboração com os municípios, que já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes das redes municipais com as ações estruturantes da educação nos 217 municípios maranhenses. “Lembro muito bem, lá no início do governo Flávio Dino, quando foi lançado o Programa Escola Digna. O avanço que se deu ao longo desses anos e agora, com o Pacto pela Aprendizagem, foi muito significativo”, enfatizou.

IEMA Bilíngue

O Pacto pela Aprendizagem integra o conjunto de investimentos na primeira infância, compromisso de gestão do governador Flávio Dino. A inauguração da 1ª escola pública em tempo integral e bilíngue do Maranhão, entregue no mês de outubro deste ano, é mais um grande marco do Governo do Estado.

O IEMA Integral Bilíngue está localizado no bairro Bequimão, em São Luís, e está em plena atividade, mesmo de forma remota, em virtude da pandemia do novo coronavírus. A escola atende, atualmente, 90 alunos do 1º ano do Ensino Fundamental, em tempo integral e com educação bilíngue. A partir de 2021, dobrará o número de alunos nesse modelo de ensino.

Com nove salas de aula, quadra poliesportiva, 2 playgrounds externos, 1 playground coberto, biblioteca, salas temáticas para ballet e artes marciais, banheiros adaptados, o IEMA Bilíngue é um marco na história da educação pública maranhense, não somente pela bela estrutura, mas por garantir justiça social a famílias que têm a educação como o caminho para melhorar suas vidas.