.

Programa Miniempresa da Junior Achievement chega a mais duas escolas de São Luís

A Junior Achievement do Maranhão – ONG mundial que busca promover a educação financeira, preparação para o mercado de trabalho e o empreendedorismo entre jovens por meio de atividades práticas em instituições de ensino públicas e privadas – deu no último sábado (27) a mais uma ação do programa Miniempresa. Nessa edição, o programa contempla duas turmas de alunos, uma do Colégio Educallis do Calhau e a outra do Colégio Militar Tiradentes I. Os encontros acontecem aos sábados.

Por meio do método aprender-fazendo os alunos serão estimulados a montarem suas próprias estratégias de produção e venda de produtos, vivenciando, na prática, o universo o empreendedorismo, tornando cada participante em um miniempresário. 

O programa, que tem duração de 15 semanas, promove uma imersão em empreendedorismo. Durante o período de execução, o grupo de alunos monta uma miniempresa na escola e desenvolve todo o processo de gestão do negócio, passando pela operação até o seu encerramento. 

No total, 70 alunos serão atendidos pela JA Maranhão apoiados por 10 voluntários das áreas de produção, marketing, recursos humanos e finanças, ao longo de todo o desenvolvimento do programa.  Os voluntários não podem dar sugestão. Eles apenas orientam os miniempresários.  

“O Miniempresa é o nosso principal programa e proporciona a experiência prática em economia e negócios, na organização e na operação de uma empresa”, explica a presidente da JA Maranhão, Jaqueline Moucherek. Segundo a presidente da organização, é muito gratificante para a JA fomentar a cultura empreendedora entre os jovens.   

Responsável pela captação das escolas, o diretor executivo da JA Maranhão, Saulo Nunes, pontua que o Miniempresa é o programa mais importante da Junior Achievement.

A JA iniciou seu trabalho mundialmente em 1919, no Brasil desde 1983 e no Maranhão, a JAMA foi fundada em 2004 atendendo cerca de 35 mil alunos impactados em 246 instituições de ensino (fundamental, médio e superior), com o trabalho de cerca de 1.900 voluntários.

 “É realmente uma vivência única para esses jovens que terão a oportunidade de se tornar um miniempresário e vivenciar todo o processo de gestão do próprio negócio”, destaca Saulo Nunes.

O Colégio Militar Tiradentes, da Vila Palmeira, é uma das instituições que participa do Programa Miniempresas da JA Maranhão. O diretor geral do Colégio, Coronel Pedro Augusto Brandão, destacou que sempre busca incluir o empreendedorismo nas atividades da escola. “Aqui sempre tentamos inovar e motivar nossos alunos a desenvolver novas ideias, seguindo nossa forma de atuação, de Colégio Militar” destacou.

Para o aluno Lucas D’Luca dos Santos Andrade, de 15 anos, primeiro colocado na seleção para ingresso na escola, a expectativa na participação do programa miniempresas é grande. “Quero conhecer como funciona uma empresa e como empreender. Já ajudo minha mãe em casa. Quando eu crescer quero ter minha independência financeira e minha renda própria. Não reclamo do que tenho hoje, mas quando crescer quero ter uma vida melhor”, compartilhou.

São 39 alunos do Colégio Militar Tiradentes que participam do Programa Miniempresas 2022, da JA Maranhão. Eles vão criar uma empresa com seus setores, um produto, uma linha de produção e a venda dos produtos. Assim poderão entender o funcionamento de um negócio.