Presidente do TJMA reúne-se com dirigentes da AMMA

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, recebeu, nesta terça-feira (9), visita de cortesia dos membros da Diretoria Executiva da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), ocasião em que foram discutidas questões pertinentes à magistratura, em especial aquelas voltadas para o fortalecimento do Poder Judiciário.

“Queremos um Judiciário unido e coeso. Somente com o diálogo franco, aberto, constante, sistemático, podemos traçar dias melhores para que a magistratura materialize os avanços necessários, que possam garantir uma resposta mais célere e efetiva à sociedade na prestação jurisdicional”, ressaltou o presidente do TJMA.

Nesse sentido, o presidente da AMMA, Ângelo Santos, fez referência ao bom entrosamento existente hoje entre a entidade representativa dos magistrados com o Tribunal de Justiça, a Escola Superior da Magistratura Maranhão (Esmam) e a Corregedoria Geral de Justiça.

Segundo ele, a proximidade e a parceria entre esses órgãos são institucionalmente representativas. “A força do Judiciário se dará sempre através da união. Estamos aqui para conclamar pelo fortalecimento da magistratura maranhense, dando nosso apoio à gestão que se inicia”, frisou o presidente da AMMA.

Durante a reunião, foram discutidos vários assuntos, incluindo a realização de concurso público para servidores, movimentação da carreira, valorização da magistratura de 1º Grau, melhores condições de trabalho, elaboração do cronograma de construção e reforma de fóruns no interior do Estado, entre outros.

Estiveram persentes na visita os juízes Lavínia Helena Macedo Coelho (1º vice-presidente da AMMA), Luís Carlos Licar Pereira (2º vice-presidente), Adelvam Nascimento Pereira (3º vice-presidente), Karla Jeane Matos de Carvalho (Conselho Fiscal) e Ticiany Gedeon Maciel Palácio (Diretoria de Aperfeiçoamento Científico).

Os juízes auxiliares da Presidência, André Bogéa e Cristiano Simas, o diretor-geral, Mário Lobão, e o desembargador José de Ribamar Castro acompanharam a reunião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.