Prefeitura de São Luís oferece vacinação de rotina aos sábados em unidades integrantes do programa Saúde na Hora

A Prefeitura de São Luis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está oferecendo, nas unidades de saúde que atendem ao programa Saúde na Hora do Ministério da Saúde, serviços de vacinação de rotina, inclusive aos sábados. Implementado desde o mês de março, 12 unidades de saúde estão funcionando de modo estendido durante a semana, sendo de segunda a sexta de 7h às 18h, e aos sábados de 7h ao meio-dia. A ação é parte da política e saúde preventiva da gestão o prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Todas as unidades terão a Pentavalente que compõe cinco vacinas: meningite; tétano acidental; difteria; coqueluche e hepatite B. Além dessas, a Tríplice Bacteriana (DTP); Pneumocócica; Rotavírus; antipólio oral (VPO – Sabin); Poliomielite; HPV; Febre Amarela; Tríplice Viral (Caxumba, Rubéola e Sarampo) e Varicela. Os atendimentos serão individualizados para evitar maior contato social.

“Por orientação do prefeito Edivaldo temos feito um trabalho de enfrentamento diário e com muita dedicação. Somam-se às estratégias de combate às doenças, as unidades de saúde que atendem de modo estendido nossa população com diversos serviços, inclusive, o de vacinação”, lembrou o Secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho.

As unidades de saúde que estão contempladas com o programa do Governo Federal, são as do Centro de Saúde Clodomir Pinheiro Costa (Anjo da Guarda), Centro de Saúde São Raimundo, Unidade de Saúde da Família do São Francisco, Centro de Saúde Cohab Anil, Unidade Básica de Saúde Cintra (Anil), Centro de Saúde Santa Bárbara, Centro de Saúde Turu, Centro de Saúde Vila Nova, Centro de Saúde Fabiciana Moraes (Habitar Nice Lobão), Centro de Saúde Genésio Ramos Filho (Cohab), Centro de Saúde Dr. Antônio Carlos Sousa Reis (Cidade Olímpica I) e Centro de Saúde Vila Bacanga.

A meta da Secretaria de Saúde do município é de que o programa Saúde na Hora se estenda para toda a rede da capital, ofertando serviços de consultas, acolhimento de materiais para análise laboratorial, aplicação de vacinas, curativos e de serviços odontológicos. Além desses serviços, a Semus, junto com instâncias do Estado e do Governo Federal, tem o objetivo de desafogar os atendimentos de urgência e emergência nos fins de semana.

Quanto à vacinação contra a Influenza/H1N1, já foram imunizados idosos e crianças de seis meses a menores de 6 anos cujo nomes  iniciam com as letras C e D. Desde o dia 23 de março, a campanha tem atendido a população no Drive Thru e nas escolas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.