.

Prefeitura de Caxias (MA) premia 89 grupos culturais com recursos da Lei Aldir Blanc

A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte, Turismo, Juventude e Patrimônio Histórico, obedecendo o Edital nº 004/2021 da Lei Aldir Blanc, entregou os certificados com premiação em dinheiro para 89 grupos culturais.

O edital teve por objetivo garantir que grupos artísticos culturais das categorias: artes cênicas, cultura popular, Bumba Meu Boi, capoeira, Cultura de Matriz Africana e escolas de samba pudessem pleitear o benefício que foi pago no valor de R$ 1.500.

“Nós tínhamos uma necessidade muito grande e essa é a primeira vez que temos apoio e premiação, por isso, temos que tornar a Lei Aldir Blanc, uma política pública, para que a cultura venha melhorar cada vez mais”, destaca Adriele Bezerra, atriz.

“O prêmio dá reconhecimento e permite que as pessoas conheçam os artistas que atuam em nossa cidade”, lembra Thays Araújo, professora de Dança.

“Nós trabalhamos com zumba e desenvolvemos esse trabalho em Caxias. Estivemos em vários lugares, na apresentação do desfile do balé das Marias. Estamos muito felizes”, frisa Claudiana dos Santos, professora de Dança.

“Esse prêmio tem muito valor para a gente, porque é um reconhecimento do nosso trabalho, além de valorizar a cultura da cidade. Nós ficamos felizes em ser reconhecidos”, frisa Lutércio Lopes, artista caxiense.

“Nós fazemos toque de tambor, reisado, e estou muito feliz em estar aqui recebendo esse prêmio”, destaca Maria de Jesus, do grupo Sagrado Coração de Jesus de Nazaré do Bruno.

O recurso orçado em quase R$ 130 mil foi distribuído entre os grupos culturais que colaboram para fazer a cultura popular acontecer no município de Caxias. O prefeito Fábio Gentil também participou do momento de entrega dos certificados e destacou a importância da valorização da cultura em Caxias (MA).

“Quero dizer da alegria que a gente tem em trabalhar pela cultura de Caxias. Nós estamos fazendo essa premiação. Por menor que seja o valor, mas é uma ajuda importante. Nós nos preocupamos em não devolver o dinheiro, e a lei nos permitiu em aumentar o valor pago para R$ 1.500. Eu sei que esse prêmio chega em boa hora”, destaca Léo Barata, secretário municipal de Cultura, Esporte, Turismo, Juventude e Patrimônio Histórico.

“Quando se tem amor, quando se tem respeito, nós fazemos isso. Nós já depositamos o dinheiro nas contas de vocês. Quero dizer que fico feliz em ver a alegria de todos vocês artistas. Nós estamos fazendo de tudo para valorizar a cultura”, destaca Fábio Gentil, prefeito de Caxias (MA).