.

Prefeitura celebra Dia Municipal dos Blocos Tradicionais com cortejo pela Feirinha São Luís, no Centro Histórico

Um grande cortejo pela Feirinha São Luís marcou o Dia Municipal dos Blocos Tradicionais, comemorado neste domingo, 8 de maio. A manifestação reuniu 16 blocos, teve início em frente ao Palácio de La Ravardière, sede do Executivo Municipal, e foi organizada pela Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph) e pelas secretarias municipais de Cultura (Secult) e Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa).

Representando o prefeito Eduardo Braide, a vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda elencou que tem sido um compromisso da atual gestão o incentivo às manifestações culturais locais que vinham perdendo espaço por falta de apoio do poder público. “Temos trabalhado para trazer de volta essas manifestações que estavam apagadas; que existem na lei, mas que não estavam sendo colocadas em prática, a exemplo da que institui o Dia Municipal dos Blocos Tradicionais há 16 anos e que só agora está sendo comemorada”.

O Dia Municipal dos Blocos Tradicionais foi instituído pela Lei 4.698/2006, de autoria do vereador Gutemberg Araújo (PSC). A data escolhida para homenagear os Blocos Tradicionais, 8 de maio, é o dia de nascimento do mestre Walmir Moraes Corrêa, fundador do bloco tradicional Os Foliões e considerado uma grande personalidade do carnaval maranhense. Walmir morreu em 27 de junho de 2010.

“Essa lei existe hoje para que essa manifestação não morra, para que ela passe de geração em geração, para que os jovens possam conhecer e entender que ela é única no país. Quero parabenizar o prefeito Eduardo Braide que fez um gol de placa, pois é a primeira vez que eu me recordo que o poder público vem aqui, na frente da prefeitura, e faz uma homenagem como essa. Isso significa que essa gestão tem interesse, tem determinação para que essa manifestação não pereça, que não acabe e se fortaleça”, disse o vereador Gutemberg Araújo.

A comemoração, que saiu em cortejo e animou ainda mais o domingo de Feirinha São Luís, contou com a participação da Academia de Blocos Tradicionais do Estado do Maranhão e a Associação Maranhense dos Blocos Carnavalescos, representadas pelas seguintes agremiações: Os Brasinhas; Príncipe de Roma; Os Imbatíveis; Os Foliões; Os Trapalhões; Os Guardiões; Os Curingas; Os Vingadores; Os Apaixonados; Kambalacho do Ritmo; Os Vampiros; Tropicais do Ritmo; Os Reis da Liberdade; Vinagreira Show; Os Tremendões; Fanáticos e Dragões da Liberdade.

A presidente da Fumph, Kátia Bogéa, disse que os Blocos Tradicionais são um patrimônio de São Luís e agradeceu ao vereador Gutemberg Araújo pela instituição da lei que torna 8 de maio o Dia Municipal dos Blocos Tradicionais. “Quero agradecer ao nosso querido doutor Gutemberg, nosso vereador que, com muito sentimento, em sua primeira legislatura, trabalhou para que o dia de hoje fosse instituído lei”, disse. “Viva o Bloco Tradicional e que as novas gerações possam conhecer de perto e fortalecer o sentimento de pertencimento por essa manifestação”, completou o secretário de Cultura de São Luís, Marco Duailibe. 

O evento terminou na Praça João Lisboa, no palco em que acontecem as apresentações das atrações convidadas, todos os domingos, para a Feirinha São Luís. Cada um dos 16 blocos teve a oportunidade de se apresentar ao público, mostrando o figurino próprio que sempre se destaca por muita exuberância e opulência em suas cangas, mantos, golas, chapéus, camisões, perneiras e botas, fazendo cada um dos ludovicenses e turistas presentes dançarem os sons obtidos pelos tambores contratempo, retintas, cabaças, reco-recos, agogôs, ganzás, maracás, rocas, apitos, afoxés e pelos instrumentos de corda como banjo, violão e cavaquinho.

Estiveram presentes durante a comemoração do Dia Municipal dos Blocos Tradicionais, o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Maranhão, Maurício Itapary; o secretário e adjunto da Semapa, Liviomar Macatrão e Asbhel Muniz, respectivamente; o secretário-adjunto de Cultura, Henrique Almeida; e o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Diego Baluz.