Prefeito Eduardo Braide se reúne com representantes do Grupo Equatorial Energia para tratar de parcerias para São Luís

O prefeito Eduardo Braide reuniu-se com representantes do Grupo Equatorial Energia, na tarde desta quarta-feira (27), para debater parcerias entre a Prefeitura de São Luís e o grupo. A iniciativa tem o propósito contribuir para o desenvolvimento social, econômico e urbano da cidade. Entre os temas tratados: ampliação da tarifa social de energia elétrica para famílias de baixa renda, melhorias no paisagismo do Centro Histórico, a modernização do sistema de energia elétrica das feiras livres e mercados da cidade.

“Foi uma reunião importante e que vai possibilitar diversas parcerias entre a Prefeitura e a Equatorial. Na área social, por exemplo, poderemos incluir novas famílias em situação de vulnerabilidade no programa Tarifa Social, ampliando o número de beneficiados. Vamos também implantar medidores mais modernos nas feiras livres e mercados da nossa cidade. Será possível, ainda, agilizar a execução de obras e melhorar nosso sistema de fiscalização eletrônica do trânsito da cidade, entre outras parcerias importantes que trarão muitos benefícios para a nossa cidade e à nossa população, que vai morar em uma cidade melhor, mais moderna e com mais qualidade de vida”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

Na avaliação do presidente do Grupo Equatorial Energia no Maranhão, Augusto Dantas, a reunião também foi muito positiva. “O estreitamento das relações entre o poder público e a iniciativa privada é muito importante para o desenvolvimento de São Luís. Por isso, viemos aqui conversar com o prefeito Eduardo Braide e sua equipe técnica para reforçar o compromisso do Grupo Equatorial com o município de São Luís, garantindo novos investimentos que vão possibilitar a geração de emprego, renda e desenvolvimento de toda a cidade”, afirmou.

O Programa Tarifa Social de Energia Elétrica São Luís tem atualmente 125.290 mil famílias beneficiadas. Segundo o Grupo Equatorial Energia há ainda a possibilidade de incluir cerca de 20 mil novas famílias no benefício. Mas para isso é necessário que estas famílias estejam cadastradas no CadÚnico, que identifica as famílias de baixa renda. Ainda segundo o Grupo Equatorial, das mais de 125 mil famílias já beneficiadas pelo programa, cerca de 40 mil estão com os dados desatualizados no CadÚnico.

A atualização destes dados será feita pela Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), que já identificou cerca de 72 mil famílias que precisam atualizar seus dados até o fim de 2021. Por meio deste trabalho será possível não apenas garantir o benefício de quem já está incluído no programa, mas também identificar novas famílias que cumprem os requisitos para recebe-lo. Além de garantir descontos na conta de luz para pessoas com baixa renda, o programa garante a injeção de recursos na economia local já que o valor economizado pelas famílias acaba sendo usado no comércio para aquisição de alimentos, vestuário, bens e serviços.

As 10 feiras livres e 30 mercados públicos de São Luís terão seus medidores de energia substituídos por equipamentos mais modernos e seguros por meio de parceria entre a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e o Grupo Equatorial. Este trabalho vai permitir ainda a individualização dos serviços em cada uma das bancas e boxes dos mercados. A secretaria e a empresa também trabalharão em conjunto para garantir o acesso de moradores da zona rural à Tarifa Rural de Energia Elétrica, que garante descontos de até 18% na conta de luz.

Entre as parcerias debatidas para o Centro Histórico de São Luís está o embutimento de fiação elétrica na área de tombamento, melhorando o paisagismo urbano. Por meio de parceria entre a Prefeitura de São Luís e o Grupo Equatorial é possível ainda acelerar a execução de obras já que os canteiros necessitam de ligações temporárias de energia elétrica. Também foram debatidas parcerias para uso dos Ecopontos, como forma de resolver o problema dos galhos de árvores na fiação elétrica por meio da trituração e encaminhamento para compostagem. O trânsito da cidade também deve ser beneficiado por meio da implantação de ações conjuntas para evitar avarias nos postes ao longo das avenidas.

Além do prefeito Eduardo Braide e do presidente do Grupo Equatorial Energia no Maranhão, Augusto Dantas, participaram da reunião os representantes do Grupo Equatorial Energia no Maranhão, José Jorge Leite Soares, diretor de Relações Institucionais; Francília Soares, Gerente de Relacionamento; e Marcos Pimentel, Superintendente Técnico Comercial; e os secretários municipais de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella; da Criança e Assistência Social, Rosângela Bertoldo; de Trânsito e Transportes, Cláudio Ribeiro; da Agricultura, Pesca e Abastecimento, Liviomar Macatrão; a presidente da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico, Kátia Bogéa; e o Procurador-Geral do Município, Bruno Duailibe.