.

Prefeito Eduardo Braide acompanha avanço do Asfalto Novo na região do Santa Bárbara, na Zona Rural

A Prefeitura de São Luís, por meio do programa Asfalto Novo, segue mudando para melhor a realidade dos moradores da região do Santa Bárbara, na Zona Rural da cidade. A fim de conferir de perto a qualidade da nova pavimentação, que segue avançando pela Avenida Brasília, o prefeito Eduardo Braide visitou a localidade nesta segunda-feira (27), ocasião em que aproveitou para conversar com moradores que há anos esperavam pelos serviços e melhorias na infraestrutura do bairro.

“Já implantamos asfalto novo em boa parte da Avenida Brasília e seguimos avançando para melhorar totalmente a infraestrutura viária local. Há muitos anos, os moradores da Santa Bárbara e região aguardavam por essa obra, e agora estamos tendo a felicidade de executar e de mudar para melhor a realidade de cada um. Essa nova pavimentação não representa só o fim da buraqueira, da lama e da poeira, mas, principalmente, mais qualidade de vida para todos”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A implantação do Asfalto Novo na região do Santa Bárbara tem serviços coordenados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). A ação que vem sendo executada na localidade vai dar fim a problemas históricos enfrentados pelos moradores, como poeira, lama e buracos que, durante o período chuvoso, se tornavam armadilhas para os motoristas que transitam pela região. E, acima de tudo, vai devolver qualidade de vida para quem vivia em uma região sem infraestrutura.

“Estamos sanando uma demanda histórica dos moradores da Santa Bárbara. Por muitos anos, eles tiveram de conviver com a falta de infraestrutura, como buraco, poeira e alagamentos. Por determinação do prefeito Eduardo Braide, estamos trabalhando para devolver dignidade a quem mora nessa região”, ressaltou o secretário David Col Debella, titular da Semosp.

A obra vai melhorar, inclusive, a mobilidade de quem precisa se deslocar diariamente entre a região do Santa Bárbara e o Centro de São Luís. As linhas de ônibus vão ter o trajeto encurtado, já que não vão mais se deparar com buracos pela avenida principal, e, assim, os prejuízos à comunidade, no que se refere à mobilidade, vão ser reduzidos a zero.

Moradores satisfeitos

Com o objetivo de dar mais vida útil ao asfalto novo, a Semosp também está executando, em paralelo ao avanço da implantação da nova pavimentação pela Avenida Brasília, serviços de drenagem superficial, que consistem na construção de meio-fio, sarjetas e calçadas. Tudo isso, inclusive, para evitar que a região volte a sofrer com alagamentos, problema constante para quem mora na localidade e por qual passou o aposentado Milton Carvalho, de 80 anos.

“O prefeito está fazendo um ótimo serviço aqui, serviço que a gente esperou durante anos. Pelo que estou vendo, não vamos mais sofrer com os alagamentos quase sempre provocados pelas chuvas. Estou bastante contente, e o prefeito está de parabéns. A ele minha gratidão”, disse o idoso, que reside na localidade há mais de quatro décadas.

A pensionista Maria Bárbara Matos, de 65 anos, contou que é a primeira vez que a região recebe um serviço de tamanha qualidade. “Nós nunca tínhamos visto um trabalho tão bom quanto esse que está sendo feito. Estamos vendo que é um serviço que vai durar por muitos anos”, pontuou.

Asfalto Novo

O programa Asfalto Novo foi lançado pelo prefeito Eduardo Braide no dia 14 de agosto, no bairro Vila Nova República, Zona Rural de São Luís, onde foi assinada a Ordem de Serviço para a execução do programa, e o anúncio do prefeito para início imediato dos serviços na área. 

No total, a primeira etapa do programa Asfalto Novo vai implantar 80 km de pavimentação em ruas e avenidas de São Luís, nesta fase, notadamente nos bairros da zona rural, melhorando a mobilidade urbana, encurtando as distâncias entre as comunidades, garantindo segurança no tráfego e facilitando o acesso de veículos usados na prestação de serviços públicos essenciais como a coleta dos resíduos sólidos, forças de segurança pública e de salvamento.