PIO XII – Réu é condenado a mais de 20 anos de prisão por homicídio qualificado

O Tribunal do Júri da Comarca de Pio XII condenou, em 8 de outubro, José de Ribamar Gomes de Jesus a 25 anos e seis meses de prisão em regime fechado pelo assassinato de Maria Francisca dos Santos de Sousa, crime cometido em 2019.

Defendeu a tese do Ministério Público do Maranhão a promotora de justiça Fabiana Santalucia Fernandes. Proferiu a sentença o juiz Felipe Soares Damous. Atuou como advogado de defesa Bismarck Morais Salazar.

No dia 23 de fevereiro do ano passado, por volta das 20h, na Travessa Pernambuco, Vila Santana, no município de Pio XII, José de Ribamar Gomes disparou dois tiros em Maria Francisca dos Santos, causando-lhe a morte. O crime foi cometido na frente da filha da vítima. O réu não possuía autorização para porte de arma.

O júri reconheceu duas qualificadoras: motivo fútil e utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. A Justiça negou a possibilidade do condenado de recorrer em liberdade. José de Ribamar Gomes está preso desde a época em que cometeu o assassinato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.