Parque do Rangedor recebe ação da campanha Maio Furta-Cor

O Parque do Rangedor recebeu, nesse sábado (6), o “Piquenique Furta-Cor”, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a causa mental materna. A ação, que reuniu mães, crianças, gestantes, profissionais da saúde, entre outras pessoas da sociedade civil organizada, faz parte da Campanha Maio Furta-Cor. 

A psicóloga Renata Pinheiro é representante da campanha e destaca a importância dessa iniciativa. “A maternidade é uma fase que traz muitas transformações com alterações não só físicas e biológicas, mas também psicológicas e sociais, e isso tem um impacto na vida dessa mulher e da família e foi aí que campanha surgiu em 2020 com esse intuito: chamar a atenção para a saúde mental materna”, explicou. 

Bianca Sá é engenheira civil e mãe da pequena Beatriz. Ela é frequentadora do parque e elogiou a ação. “Escolheram um local ideal e foi bem organizado, com entretenimento para as crianças e isso ajuda muito as mães. Sou mãe há pouco tempo, sei o quanto ficamos sobrecarregadas e às vezes a gente esquece de nós mesmas, então, isso aqui é muito importante”, ressaltou. 

“Tive uma depressão pós-parto e procurei ajuda. Então, esse projeto ajuda muito porque ainda é tabu essa questão”, comentou a servidora pública Cristiane Duarte, mãe de Isabela. 

Desde que foi entregue à comunidade, o Parque do Rangedor, sob a administração da Secretaria de Estado de Governo (Segov), vem sendo palco para projetos e ações da sociedade civil organizada por ser um espaço público que promove lazer e bem estar à população. 

A gestora do Parque, Karina Gonçalves, realça que o Governo do Estado sempre apoia ações como essa pela relevância social. “O Governo está sempre apoiando projetos e campanhas que nos procuram para serem realizados no parque, com o envolvimento direto da sociedade, abordando temas como esse de saúde mental materna, com o impacto social muito importante”, concluiu. 

A tarde de programação da Campanha Maio Furta-Cor no Parque Rangedor trouxe, além do piquenique, uma série de atividades como massagens para as mães, recreadores para as crianças e outras práticas de lazer e entretenimento.