Operação da Polícia Civil na capital resulta em maior apreensão de armas de 2021

Submetralhadoras automáticas calibre 9mm, Uzi israelense, bereta, pistola e munições foram apreendidas, resultado de operação da Polícia Civil, para combate ao tráfico drogas e roubos no bairro Areinha. O armamento, que inclui equipamentos de uso exclusivo e de alto calibre, representa a maior apreensão de agosto, em operação na capital.

No trabalho, coordenado pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) e delegacias de Roubos e Furtos (DRF) e Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), além da Seccional Oeste, a polícia apreendeu ainda um veículo roubado e prisão em flagrante de suspeito.

Segundo o titular da SPCC, delegado Carlos Alessandro Rodrigues, o armamento pertencia a grupo criminoso que agia no bairro e adjacências. “Com essa apreensão e prisão, freamos a atividade desse grupo na área e, com isso, reduzimos também a ocorrência de outros crimes. As investigações e operações prosseguem para minarmos a ação de outros grupos”, destacou o delegado. 

A operação policial ocorreu em duas residências do bairro Areinha e teve como como objetivo principal a apreensão de armamento pesado, pertencente ao grupo criminoso investigado. No primeiro imóvel, foi preso um indivíduo e apreendidas duas submetralhadoras automáticas, calibre 9mm; uma Uzi israelense; uma bereta, uma pistola .40, com carregador; e mais 13 munições calibre .40.

No segundo imóvel, onde um membro do grupo criminoso fugiu pulando muros, foi apreendido um veículo VW Gol, cor prata, que havia sido roubado dia 30 de julho, no bairro Bequimão. Em investigação complementar realizada no imóvel, foram encontradas as armas de fogo e as equipes apreenderam mais 100 munições, sendo 50 9mm e 50 de calibre .40. 

O suspeito preso foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso proibido e encaminhado ao sistema prisional, onde permanece sob custódia, à disposição da justiça. As investigações terão continuidade para que a polícia identifique e prenda os demais membros do grupo criminoso.