Ministra do STJ é homenageada pelo Tribunal de Justiça do Maranhão

O Tribunal de Justiça do Maranhão homenageou, nesta sexta-feira (10), a ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Maria Thereza de Assis Moura, com a concessão da Medalha Especial do Mérito Cândido Mendes, pelos relevantes serviços prestados à Justiça, em solenidade conduzida pelo presidente da Corte, desembargador Joaquim Figueiredo.

Magistrada com vasto conhecimento jurídico, ela agradeceu o gesto do Judiciário maranhense com a concessão da comenda, uma proposição do desembargador Paulo Velten, aprovada por unanimidade pela Corte estadual de Justiça.

“Vossa Excelência tem a humildade que deve ter um julgador. Ficamos muito felizes em prestar essa justa homenagem a uma magistrada comprometida com a Justiça”, assinalou o presidente do TJMA, Joaquim Figueiredo.

O desembargador Paulo Velten, diretor da Escola Superior da Magistratura (ESMAM), parabenizou a ministra pelo excelente trabalho na Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (ENFAM), onde investiu maciçamente nos cursos de formadores, tomando posições corajosas, de vanguarda, firmando seu compromisso com a Constituição e com os direitos humanos.

Em seguida, o desembargador Froz Sobrinho entregou um exemplar do livro “Direitos Humanos e Execução Penal” à ministra Maria Thereza de Assis Moura, que recebeu também do desembargador João Santana o livro “Menino Passarinheiro – o poeta dos passarinhos”.

A ministra do STJ, Maria Thereza, veio a São Luís para ministrar uma palestra com o tema “Execução da Pena: Direitos Humanos e Jurisprudência”, a convite da Escola Superior da Magistratura do Maranhão, no auditório do Fórum de São Luís (Calhau).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.