.

Junho Vermelho se inicia com lembrete sobre a importância da doação de sangue para salvar vidas

O mês de junho se inicia hoje, dia  1, com a campanha Junho Vermelho, criada em 2015 e estendida pelo Ministério da Saúde (MS) para todo o país, com o objetivo de incentivar o espírito de solidariedade quanto à doação de sangue como um ato de amor ao próximo para salvar vidas.

O mês de junho foi o escolhido para a conscientização sobre a importância da doação, por ser considerado um período de maior escassez nos estoques de sangue em todo o país, pois é quando se registra uma diminuição no número de doadores.

Neste ano de 2021, a campanha ganha papel ainda mais importante, em função da pandemia da COVID-19, que fez milhares de doadores em todo o país se recolherem, deixando-os menos propensos a sair de casa e realizar as doações.

Na Câmara de São Luís, o vereador Marcos Castro (PMN) tem sido um dos parlamentares a incentivar a doação de sangue em toda a capital. Em abril deste ano, o vereador esteve no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar), para lançar a campanha “Seja exemplo dentro e fora de casa: Doe sangue! Doe vida”, diante da significativa baixa de doações de sangue na capital.

Para Castro, doar sangue vai muito além de um gesto de amor ao próximo, sendo também um ato de cidadania. “Sempre incentivei a doação de sangue, a exemplo da campanha que realizamos no mês de abril. Temos sempre que pensar que, não importa quem será beneficiado, o importante é focar na atitude, gerando novas oportunidades, novos sonhos e novas chances de recomeçar”, enfatizou.

MARANHÃO
As doações no Hemomar têm diminuído consideravelmente ao longo dos últimos anos, com queda ainda mais acentuada desde o início da pandemia. Março fechou com praticamente 100% dos estoques de sangue em um patamar considerado crítico, mesmo com a coleta de um número superior de bolsas, se comparado ao mesmo período no ano passado.

De acordo com dados da Hemomar, apenas os tipos A- e AB- apresentam quantidades consideradas adequadas. O tipo B apresenta quantidade mínima, enquanto todos os demais tipos sanguíneos (A+, AB+, B+, B-, O+ E O-) encontram-se em situação crítica de armazenamento.

COMO VOCÊ PODE DOAR
O Hemomar funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h.
Quem tem 16 e 17 anos pode doar sangue, desde que esteja acompanhado do responsável legal, que assinará um termo de autorização.
Para se tornar um doador, basta estar saudável, pesar acima de 50 quilos, estar alimentado, levar um documento oficial com foto ao Hemomar e não ingerir alimentos gordurosos nas horas que antecedem a doação. Além de precisar atender esses pré-requisitos, o doador passa por triagem para avaliação de outros critérios.


Doe sangue e ajude a salvar vidas.