Hospital Macrorregional de Santa Inês celebra aniversário com mais de 2 milhões de atendimentos

O Hospital Macrorregional Tomás Martins, em Santa Inês, foi inaugurado pelo Governo do Estado em agosto de 2016 e nesta quarta-feira (26) completa quatro anos. A unidade de saúde já contabiliza 2.131.058 milhões de atendimentos, entre cirurgias, consultas, internações, procedimentos de enfermagem, exames, diagnósticos e demais serviços assistenciais em saúde. O hospital oferece assistência em saúde à população de pelo menos 20 municípios da região do Vale do Pindaré. 

Com a estrutura que possui, a unidade de saúde se tornou referência para atendimento a casos da Covid-19 na região. “Este ano nós fomos surpreendidos com a pandemia do novo coronavírus. Essa experiência foi marcante para toda a equipe. Foi bem difícil no começo. Primeiro tivemos que cuidar dos nossos pacientes, depois tivemos pessoas da nossa família que adoeceram e o amor que temos passou a ser externado aos nossos pacientes e equipe para que pudéssemos vencer o medo”, falou o diretor do hospital, Erick Bringel. 

Para celebrar os resultados positivos já alcançados pela unidade de saúde, foi organizada uma programação que inclui uma campanha de higienização das mãos, de incentivo à doação de sangue e ao aleitamento materno. E será oferecido um café da manhã com profissionais que atuam na unidade. O Hospital Macrorregional Tomás Martins pertence a rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e é gerenciado pelo Instituto Acqua. 

Profissionais que atuam no hospital confirmam a importância da unidade de saúde. “Sou profissional de enfermagem há 22 anos e estou no hospital desde o começo. É um sonho trabalhar aqui. Ele é de extrema importância para todos nós que moramos nessa região e ter um hospital público que dê esse suporte é essencial. Sou muito agradecida todos os dias por esse trabalho”, contou a técnica de enfermagem, Roseane Falcão. 

“Sou recém-formado em Farmácia e trabalhar aqui, além de ser meu primeiro emprego, é uma experiência ímpar. Fui selecionado para trabalhar no Hospital de Campanha e transferido para cá”, disse o farmacêutico Gleison Costa Nascimento. 

Atendimentos
Em 2020, até o mês de julho, já foram mais de 328 mil serviços prestados à população, com a realização de 1.105 cirurgias, 7.603 consultas médicas, 105.508 consultas multidisciplinares, além de serviços de exames, internações, procedimentos de enfermagem e diagnósticos. Em 4 anos de funcionamento, o hospital contabilizou total de 12.026 cirurgias, 129.673 consultas multidisciplinares, 513.125 consultas multidisciplinares para pacientes internados, 86.080 consultas médicas, 16.549 internações, 215.563 procedimentos de enfermagem, 653.468 atendimentos em serviço de apoio e diagnóstico (SADT) e 504.574 atendimentos em SADT para pacientes internados.Texto (obrigatório)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.