.

Hospital Macrorregional de Balsas celebra três anos com mais de 1 milhão de atendimentos

Nesta semana, o Hospital Macrorregional de Balsas comemora três anos de funcionamento e já contabiliza mais de 1 milhão de atendimentos. A unidade de saúde, entregue pela gestão do governador Flávio Dino em 2017, é referência para 13 municípios da região, e o trabalho desenvolvido na área da atenção materno-infantil é destacado, inclusive, pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). 

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula, lembra que a entrega da unidade cobriu o vazio assistencial que existia no sul do Maranhão. “A região sul precisava dessa referência em atendimento de alta complexidade. O trabalho desempenhado pelo Hospital Macrorregional de Balsas comprova a nossa intenção de consolidar uma rede que possa oferecer assistência em saúde para toda a população maranhense”, destaca o secretário. 

Há dois anos, a unidade recebeu reconhecimento da Organização Mundial da Saúde (OMS) pela marca de 365 dias sem o registro de morte materna. O trabalho desenvolvido no hospital diminuiu em 70% o número de casos do tipo na região, por meio de estratégias e políticas públicas de fortalecimento à saúde. 

Em discurso durante a solenidade em comemoração ao aniversário do hospital, o diretor-geral, Eliabe Aguiar, pontuou a importância do serviço prestado para a região. “Nosso maior ganho foi evitar expressiva quantidade de óbitos neonatais. Os dados indicam que mais de 930 crianças deixaram de vir a óbito pela excelência do serviço realizado no hospital”, ressaltou. 

A unidade também cumpre um papel fundamental no enfrentamento à Covid-19 no sul do Maranhão. “A unidade foi e tem sido porta de entrada para pacientes com a Covid-19 e tem recuperado muitas vidas. O empenho dos profissionais em acreditar nessa missão é motivo de orgulho para todos nós”, conta a diretora-executiva do Instituto Acqua, Paula Assis. 

Atendimentos 

Desde a inauguração, a unidade realizou 1.066.397 atendimentos entre cirurgias, consultas médicas e de enfermagem, procedimentos ambulatoriais, partos e internações. Os Serviços Auxiliares de Diagnóstico e Terapia (S.A.D.T) fecharam agosto em 404.614 e consultas médicas em 56.220. 

Os partos realizados do início do ano até agosto, com todas as medidas de precaução que a pandemia do novo coronavírus trouxe, somaram 1.849 atendimentos. Foram 1.140 partos cesarianas e 709 partos normais. 

Eliabe Aguiar agradeceu o empenho dos mais de 500 profissionais que integram a equipe do Hospital Macrorregional de Balsas. “O parabéns é direcionado a vocês que dão o sangue pelo trabalho, com responsabilidade com o serviço público e respeito ao paciente. A nossa missão vai ser sempre cuidar bem da vida das pessoas”, enfatizou.

Hemodiálise 

Para fortalecer ainda mais o trabalho do Hospital Macrorregional de Balsas, o Governo está construindo uma ala específica na unidade de saúde, que vai garantir o tratamento de pacientes que sofrem com doença renal crônica e necessitam de assistência para realizar sessões de hemodiálise. 

O novo espaço vai ampliar a oferta do serviço no estado e atenderá de 60 a 90 pacientes, mensalmente. Atualmente, o hospital oferece assistência em hemodiálise aos pacientes internados em leitos de UTI, entre eles os diagnosticados com a Covid-19.