HOMENAGEM | Presidente do TJMA recebe Medalha do Mérito “Ruy Barbosa” nos 70 anos do TCE

O desembargador Cleones Cunha foi homenageado com a Medalha do Mérito “Ruy Barbosa”, pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao controle externo. A entrega da medalha – a maior condecoração oficial do TCE – ocorreu durante comemoração dos 70 anos da instituição, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana.

“Agradeço a homenagem e parabenizo o TCE que, nesses 70 de existência, deixa na história a marca do seu compromisso com a cidadania, zelando para que o dinheiro público seja bem aplicado em benefício da população”, assinalou o desembargador Cleones Cunha ao receber a comenda.

Na cerimônia, foram homenageados também com a Medalha “Ruy Barbosa” o desembargador Raimundo Barros (Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão), o ministro Raimundo Carreiro Silva (Presidente do Tribunal de Contas da União), o conselheiro Valdecir Pascoal (Presidente da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil), entre outras autoridades. Órgãos de comunicação e artistas maranhenses também foram homenageados pelo TCE.

Os desembargadores Vicente de Paula, José Bernardo Rodrigues, Cleonice Silva Freire e Tyrone Silva prestigiaram a solenidade.
O presidente do TCE, conselheiro José de Ribamar Caldas Furtado, falou das inovações com o uso de novas tecnologias para acompanhar a gestão pública em tempo real, em sintonia com o momento em que todos os Tribunais de Contas do Brasil também se reinventam.
Durante a solenidade, o presidente da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil, conselheiro Valdecir Pascoal, afirmou que nesses 70 anos de existência, o TCE tem buscado o aprimoramento institucional, orientando gestores e atuando preventivamente para dar efetividade ao julgamento de contas.

“Com modernização, transparência e acessibilidade, reafirmamos nossa disposição de nos mantermos firmes no propósito de fazer valer nossos esforços e contribuir para a construção de uma sociedade menos desigual”, afirmou Furtado.
Durante a cerimônia, houve a exibição de um vídeo institucional e o lançamento do livro “TCE-MA 70 anos: Com os olhos no passado, pensando no futuro”, cuja apresentação ficou a cargo do conselheiro Washington Luiz de Oliveira, ouvidor e presidente da Comissão Especial do Projeto Memória 70 anos do TCE.

Encerrando a solenidade, foi proferida a palestra “A inelegibilidade por rejeição de contas” pelo subprocurador-geral da República, Nicolao Dino de Castro e Costa Neto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.