.

Governo promove atividades ao ar livre em alusão à Semana Nacional de Combate às Drogas

Para estimular o cuidado à saúde e a prevenção às drogas, o Governo do Estado promoveu atividades físicas e serviços de saúde ao ar livre nesta sexta-feira (18). A ação, executada pelo Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD Estadual) em parceria com a Delegacia de Costumes, ocorreu no Parque do Bom Menino como parte da programação da Semana Nacional de Combate às Drogas.

Durante a ação, foram oferecidas aos assistidos pelo CAPS AD Estadual e, também, aos frequentadores do Parque do Bom Menino consultas médicas com clínico geral, além de serviços como aferição de glicemia e pressão arterial. A estratégia do serviço que integra a rede de saúde mental da Secretaria de Estado da Saúde (SES) foi executada para oferecer, também, oportunidade de atualização da carteira vacinal, com a disponibilização de vacinas contra doenças como gripe, tétano, hepatite e febre amarela.

“Foi a chance que tivemos para mostrar à população que pessoas em processo de recuperação pelo uso de substâncias químicas também podem acessar os espaços públicos e ter direito ao lazer. Além disso, vimos uma oportunidade para romper com estigmas, e, ao mesmo tempo, incentivar a busca por melhoria do estilo de vida como forma de prevenção ao adoecimento físico e mental”, disse o coordenador do CAPS AD Estadual, Marcelo Costa.

A equipe do CAPS AD Estadual ofereceu ainda testes rápidos para diagnóstico da Covid-19 e outras doenças como HIV, Sífilis e Hepatites B e C. Em paralelo, a mobilização também fortaleceu a importância da prática esportiva como ferramenta para uma melhor qualidade de vida, com sessão de Tai Chi Chuan, técnicas de alongamento e partidas de futsal entre os pacientes do serviço de saúde mental da SES.

O titular da Delegacia de Costumes, Joviano Furtado, destacou que esse tipo de atividade é realizada continuamente. “Buscamos dar atendimento e acompanhamento às pessoas submetidas a tratamento através do esporte. Ao mesmo tempo, contribuímos com a sociedade levando serviços de saúde em geral, com vacinas, testes rápidos e atendimento com profissionais. É uma ação realizada de forma contínua através do Ação Resgate”, destacou.

O intuito da ação foi divulgar os serviços de saúde disponíveis na rede estadual e intensificar o combate às drogas.

O CAPS AD Estadual fica localizado no bairro do Monte Castelo, em São Luís, e funciona em caráter substitutivo ao modelo hospitalar, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, recebendo pacientes por demanda espontânea, encaminhados por Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou hospitais em geral.

Público

O educador físico Sebastião Araújo, de 66 anos, que também trabalha com a reabilitação de dependentes químicos, aprovou a ideia. “Atividades como esta são importantes, pois estas pessoas ainda sofrem discriminação por parte da sociedade devido os seus atos passados. Então, quando eles podem praticar uma atividade física, ainda mais em espaço público, isso os ajuda a se sentirem mais cidadãos, participando de atividades como qualquer outra pessoa”, observou.

A aposentada e paciente do CAPS AD Estadual há oito meses, Maria da Conceição Carvalho, de 57 anos, aproveitou a oportunidade para receber a vacina contra a gripe. “É maravilhoso, porque incentiva a todos, conscientizando-nos sobre a importância da saúde. A gente consegue ver o mundo com outros olhos e reaprende a ter contato com as pessoas”, compartilhou.

Em aquecimento para iniciar a partida de futsal, o acolhido do serviço de saúde mental Vinícius Santos, de 32 anos, afirmou que o formato da ação e os serviços ajudam a quem quer mudar de vida. “Os profissionais do CAPS vêm nos ajudando e o resultado já temos visto, pois muitos têm conseguido deixar o mundo das drogas. A ação e o serviço estimulam a busca por uma nova vida e a deixar as ruas”, disse.