Governo nomeia novos membros do Conselho Estadual de Saúde do Maranhão

Foram empossados, nesta segunda-feira (13), os 28 titulares do Conselho Estadual de Saúde do Maranhão (CESMA), bem como os seus respectivos suplentes. A cerimônia de posse aconteceu por meio de videoconferência. Os nomeados integram segmentos do Governo do Estado, de Trabalhadores da Área da Saúde e de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), e irão ter atuação durante o triênio 2020-2023. 

A nomeação, que estava prevista para o início do ano, precisou ser adiada em razão do cenário de pandemia causado pelo novo coronavírus. Na ocasião, o secretário Carlos Lula, que participou da cerimônia, anunciou a sua saída do posto de presidente do Conselho, avisando que não concorrerá ao cargo. 

“Já é hora disso ser partilhado por todos nós, entre o segmento dos trabalhadores e do governo. É ótimo que a sociedade civil possa ela mesma presidir o Conselho, afinal de contas, esta entidade serve para isso, para fiscalizar, apontar rumos para construirmos juntos a política pública de Saúde”, afirmou o gestor da saúde do Maranhão. 

As eleições para o cargo de presidente da entidade se tornaram diretas, e com a participação dos próprios conselheiros estaduais de saúde, após uma alteração na lei nº 8.142/90, que trata sobre os Conselhos de Saúde. Anteriormente, o cargo era ocupado pelo secretário de saúde do poder executivo, dessa maneira o objetivo é fortalecer o senso democrático nas instâncias de controle social e públicas. A eleição para escolher o próximo presidente do conselho será realizada em breve. 

O Conselho Estadual de Saúde do Maranhão é composto por 23 entidades, sendo de representantes dos usuários, dos profissionais de saúde e representantes dos gestores e prestadores de serviço. A cerimônia de nomeação contou com a participação de 48 pessoas. 

De acordo com a representante dos Usuários do SUS, Maria Raimunda Rudakoff, o CESMA é fundamental na construção de políticas públicas da saúde. “A atual pandemia reforçou a importância de um sistema de Saúde sólido, financiado, estruturado e gratuito. Aos novos conselheiros empossados hoje, desejo sensibilidade para desafios que virão a fim de garantirmos saúde como direito a todos”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.