Governo do Maranhão já ampliou a assistência nefrológica em 1052% no estado

Com investimentos da gestão de Flávio Dino, a assistência nefrológica já aumentou em 1052% no Maranhão. De apenas 25 máquinas que funcionavam no Hospital Dr. Carlos Macieira, em São Luís, os pacientes renais crônicos passaram a contar com 288 máquinas, distribuídas de forma estratégica pelo estado para ampliar e descentralizar o atendimento. 

O mais recente investimento realizado pelo Governo do Estado na rede de atendimento a esses pacientes foi na região de Balsas. Inaugurado há cerca de um mês, o Centro de Hemodiálise de Balsas, além de ampliar, aproximou os serviços nefrológicos da população, facilitando o acesso dos pacientes que antes precisavam percorrer longas distâncias para fazer o tratamento. 

O Centro foi instalado ao lado do Hospital Regional Dr. Bernardino. “Ações como essa demonstram o interesse do Governo do Estado em oferecer sempre o melhor para a população. O caminho que temos percorrido na área da saúde tem transformado os serviços públicos no estado, ampliando o acesso e a qualidade do atendimento oferecido”, afirma o secretário Carlos Lula. 

Em Balsas, foram instaladas 10 máquinas de diálise, o que dá capacidade para atender 60 pacientes, sendo 30 por dia. Para dar conta da demanda e garantir que os pacientes renais crônicos possam fazer suas sessões, o novo espaço funciona em três turnos, de segunda a sábado. Na unidade, o paciente recebe suporte completo de médicos especializados em nefrologia, bem como atendimento de equipe multiprofissional.

O Centro de Hemodiálise de Balsas conta com sala de triagem, farmácia, posto de enfermagem, sala de armazenamento de concentrados, sala de implantação de cateter e emergência, sala de reprocessamento de dialisadores, além da sala de coordenação de enfermagem. 

Além de Balsas, o novo serviço beneficia moradores de municípios como Alto Parnaíba, Feira Nova do Maranhão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Loreto, Nova Colinas, Riachão, Sambaíba, São Félix de Balsas, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras e Tasso Fragoso. 

Cenário estadual

Com a entrega do Centro de Hemodiálise de Balsas, o Governo do Estado já fez um incremento de 251 máquinas na rede de assistência a pacientes que precisam realizar esse procedimento. A capacidade de atendimento da gestão estadual, que era de apenas 100 pacientes, passou a ser de 1.728 pacientes. 

Atualmente, os serviços estão localizados no Hospital Dr. Carlos Macieira, no Hospital Geral da Vila Luizão, no Centro de Hemodiálise São Luís, no Hospital Regional de Chapadinha, além de serviços nas cidades de Bacabal, Caxias, Açailândia, Pinheiro e Balsas. 

A gestão estadual também pactuou com o município de Floriano, no Piauí, e garantiu atendimento aos mais de 90 pacientes que residem na Região de Saúde de São João dos Patos.