Governo do Maranhão avança com a entrega do Vale Gás em São Luís

A distribuição do Vale Gás em São Luís, nesta sexta-feira (28), foi realizada no Centro Educa Mais Y Bacanga (Quadra H, s/n, Anjo da Guarda) e no Centro de Ensino São Cristóvão (Avenida Guajajaras – retorno do aeroporto). Os locais pertencem, respectivamente, à região do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Anjo da Guarda e do CRAS João de Deus.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser, frisa que neste momento a luta do Governo do Estado, além do combate da pandemia é também contra a fome. “O programa foi idealizado pelo governador Flávio Dino com o objetivo de minimizar a dor da fome dessas famílias em meio a pandemia e essa realidade infelizmente não é apenas daquelas famílias que vivem no interior do estado, aqui na capital muitas delas também tem sofrido com a falta do básico dentro de casa”, disse.

Em São Luís, a distribuição teve início na última quarta-feira (26) e vai beneficiar aproximadamente 15 mil famílias. Para que o maior número de beneficiários seja alcançado em São Luís, a equipe técnica da Sedes montou uma força-tarefa com pontos estratégicos próximos às regiões abrangidas pelos CRAS para a distribuição dos cupons do Vale Gás. No total, o programa beneficiará 119 mil pessoas em todo o estado.

Pontos de entrega

SEGUNDA-FEIRA (DIA 31)
Região do CRAS Bequimão: Centro de Ensino Manoel Beckman (Rua 51, S/N, Bequimão).

Região do CRAS Estiva: Centro de Ensino Mario Meireles (Avenida 06, KM 15, BR-135, S/N).

TERÇA-FEIRA (DIA 1º)
Região do CRAS Janaína: Centro Educa Mais Menino Jesus de Praga (Rua 103, Cidade Operária).

Região CRAS Centro: Liceu Maranhense (Parque Urbano Santos, S/N, Centro).

QUARTA-FEIRA (DIA 2)
Os beneficiários ligados aos CRAS: São Raimundo, Cidade Olímpica, Bairro de Fátima, Coroadinho, Turu, Anil e Maracanã, irão receber o benefício a partir da quarta-feira (2).

Vale Gás

O Vale Gás é um programa social criado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), para minimizar os reflexos da pandemia da Covid-19 no âmbito social e fortalecer a Política Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional. Pelo programa, o beneficiário do CadÚnico terá direito a até 3 vales para fazer recarga de botijão de 13 quilos.