Governo dialoga com Consórcio Brasil Central sobre desenvolvimento econômico do Maranhão

Debater propostas de integração do Consórcio Brasil Central (BrC) e o Governo do Maranhão. Este foi um dos principais pontos temáticos da reunião entre BrC e o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (Seinc), realizada na manhã desta segunda-feira (7), de forma virtual.

Na ocasião, o secretário de Estado da Indústria e Comércio, Cassiano Pereira Junior, representou o governador Carlos Brandão e, também, o Conselho de Administração e a Coordenadoria de Administração e Finanças – Planejamento, Orçamentos e Finanças do BrC, das quais é membro integrante.

Na reunião, representantes do BrC apresentaram os projetos em andamento do Consórcio e, ainda, pontuaram as possibilidades estratégicas de auxílio do BrC no plano de governo do Estado do Maranhão para 2023.

Para o secretário Cassiano, o diálogo constante com o Consórcio é de extrema importância para o desenvolvimento econômico para o Governo do Maranhão – e, também, para a perspectiva dos próximos anos.

“Encontros como este integram o planejamento estratégico da Seinc, aliada às metas do Governo. Assim, podemos avaliar conjuntamente as demandas, os gargalos e, em uma etapa futura, criar parcerias e ações que possam trazer crescimentos econômicos, produtivos e sociais: este é o objetivo que nos foi repassado pelo governador Carlos Brandão, de procurar apoio em todas as frentes para o crescimento do Maranhão”, afirmou o secretário.

Representando o presidente do BrC e governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha, o secretário executivo do BrC, José Eduardo Pereira, também pontuou a reunião como um espaço importante para dialogar sobre o Maranhão e futuras parcerias.

“O BrC concentra um diálogo contínuo de trabalho voltado para as boas práticas em políticas públicas, e que estas sejam compartilhadas com todos os Estados que compõe o BrC. Na reunião de hoje, debatemos com o secretário Cassiano sobre os planos, projetos e programas desenvolvidos pelo Consórcio e também fizemos um diálogo de convergência entre nossas ações atuais e as políticas que serão desenvolvidas no novo governo do Maranhão, em continuidade ao governo Carlos Brandão, com base no seu plano de governo. Foi bastante proveitoso“, analisou José Eduardo Pereira.

Consórcio Brasil Central

O Consórcio Brasil Central foi criado em 2015 para aumentar a competitividade dos estados, por meio da cooperação técnica efetiva na formulação de políticas regionais, projetos, parcerias, captação de recursos e soluções de problemas. Os projetos do BrC são direcionados às áreas de desenvolvimento econômico sustentável, infraestrutura, logística, articulação institucional, ambiente de negócios e gestão pública.

Os entes da federação que compõe o BrC são o Distrito Federal (DF) e os estados de Goiás (GO), Maranhão (MA), Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS), Rondônia (RO) e Tocantins (TO).