Governo contabiliza mais de 500 mil cestas de alimentos entregues a famílias maranhenses

Milhares de famílias do Maranhão em vulnerabilidade social e afetadas com os efeitos da pandemia da Covid-19 foram beneficiadas com as ações sociais do Governo do Estado. Destaque para as entregas de alimentos, que chegaram a mais de 60 municípios e totalizam 503.565 cestas de alimentos distribuídos, desde o mês de abril. As ações são promovidas em ação conjunta das secretarias estaduais e órgãos parceiros. O trabalho prossegue, enquanto durar a pandemia, com fins a amenizar os problemas das famílias, garantindo segurança alimentar.

Em alimentos distribuídos à população que mais precisa, o Governo contabiliza 437.769 entregues em ações do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) e mais 65.796, ao longo de sete ciclos de distribuição do programa Comida na Mesa. Com isso, totalizam 503.565 cestas de alimentos distribuídas, beneficiando famílias maranhenses em mais de 60 municípios.

“É um trabalho que vem amenizando a situação de milhares de famílias maranhenses e uma importante ação humanitária do Governo do Maranhão no enfrentamento aos impactos causados pela pandemia do coronavírus. Parabenizo e agradeço a todos os envolvidos nessa ação, pelo empenho e comprometimento. Enquanto houver a necessidade, as entregas vão continuar”, ressaltou o comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto de Araújo.

O programa Comida na Mesa é executado pelo Governo, via Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), em parceria com as prefeituras e tem como foco a garantia da segurança alimentar de todos os maranhenses, minimizando os efeitos da pandemia do novo coronavírus. O público contemplado são famílias maranhenses em condição de vulnerabilidade social.

“O principal objetivo do Comida na Mesa é amenizar a crise econômica agravada pela crise sanitária do coronavírus. O programa investe em várias frentes, na agricultura familiar e garantindo segurança alimentar. Seja com aquisições dos produtos para compor as cestas básicas e a ampliação dos mercados institucionais com a aquisição de mais produtos da agricultura familiar. Esse conjunto de alimentos chega à mesa do povo do Maranhão, garantindo a segurança alimentar e assim, mais saúde para a população, além do combate ao coronavírus”, enfatiza o titular da SAF, Rodrigo Lago. 

A distribuição de cestas de alimentos é um dos eixos que integram o programa Comida na Mesa. A ação promove ainda a venda de refeição a preços acessíveis, por meio da rede de Restaurantes Populares; a aquisição de alimentos da agricultura familiar, para doação; e o acesso à compra do gás de cozinha às famílias de baixa renda. Para as ações do programa, o Governo investe R$ 180 milhões.

As entregas realizadas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), alcançaram pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social, trabalhadores informais que tiveram prejuízos com as chuvas (camelôs, mototaxistas, artesãos e vendedores), desabrigados, comunidades indígenas, agricultores familiares e segmentos vulneráveis. 

As cestas de alimentos contêm itens de primeira necessidade como arroz, feijão, macarrão, açúcar, café e outros, vindos da agricultura familiar e assim, além de amenizar a fome, as ações têm contribuído para o fortalecimento da produção agrícola familiar do Maranhão. Foram contempladas pessoas em cidades da Região Metropolitana de São Luís, Região Tocantina, Baixada Maranhense e outras regiões.