Governo amplia acesso de mais de 400 pacientes da rede estadual a cirurgias especializadas

Investimentos do Governo do Estado possibilitaram a realização de 424 procedimentos cirúrgicos no Hospital São Domingos. As cirurgias resultam de um contrato realizado entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a unidade particular, firmado em novembro de 2020. Ao ampliar o acesso de pacientes da Rede Estadual de Saúde às cirurgias, o Governo reduz a fila de espera por procedimentos em diversas especialidades.

“O contrato com o Hospital São Domingos tem ajudado a aliviar a espera de pacientes por cirurgias de média complexidade no estado. A nossa intenção é zerar a lista daqueles que aguardam por um procedimento, principalmente de hérnias e vesículas”, disse o secretário adjunto de Atenção em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Carlos Vinícius de Araújo.

As cirurgias eletivas contemplaram pacientes que aguardavam pelos procedimentos no Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), unidade da SES, que é referência cirúrgica de média e alta complexidade no Maranhão.

O direcionamento é realizado de acordo com o quadro clínico e avaliação médica.

Entre as cirurgias realizadas estão as de Colecistostomia Videolaparoscopia, Hernioplastia, Ressecção Transuretral da Próstata, Retirada de Duplo J e Histerectomia dos tipos Abdominal e Total.

O jovem Gustavo Santos, de 28 anos, foi um dos beneficiados pela iniciativa. Operado de hérnia no último dia 5 de janeiro deste ano, ele afirmou que ganhou em qualidade de vida. “Já estava aguardando por essa cirurgia há algum tempo, espera agravada pela pandemia. Quando me ligaram confirmando a data e dizendo que seria em um hospital particular, eu quase não acreditei. Graças a Deus, tudo correu muito bem, inclusive a minha recuperação”, compartilhou.

Mais serviços

Além da garantia de cirurgias, o contrato entre o Governo e o hospital particular amplia o acesso a procedimentos de radioterapia aos pacientes oncológicos da rede estadual.  De novembro de 2020 até fevereiro deste ano, o Governo do Estado já possibilitou a saída de 277 pacientes da fila de espera por radioterapia.

Os pacientes do SUS atendidos na rede particular através do contrato são regulados pela Central de Regulação da SES, e são chamados a partir da atual fila de espera para o procedimento.