O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Governador Flávio Dino recebe presidente da Alema em visita de cortesia

O governador Flávio Dino destacou a relação de harmonia e parceria com a Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) ao receber o presidente da casa, deputado Othelino Neto, em visita de cortesia, na tarde desta sexta-feira (18), no Palácio dos Leões. Na ocasião, Dino pontuou medidas de Governo aprovadas pela Alema e que repercutiram positivamente junto às comunidades do Maranhão, sobretudo os mais vulneráveis. Parte destes programas já entram em vigor no primeiro trimestre de 2021 e vão impactar no movimento comercial e na qualidade de vida da população maranhense.

Flávio Dino pontuou que, além da independência, acredita na harmonia como valor constitucional fundamental e que tem sido praticado no Maranhão, se referindo à relação com o poder legislativo. “Os resultados são os melhores possíveis. Fizemos um balanço do ano legislativo e verificamos uma larga colaboração da Assembleia com as agendas que nós propusemos. Assim como em 2020 houve essa convergência de esforços no combate ao coronavírus, na proteção dos empregos e da economia do Maranhão, esse ambiente institucional de diálogo vai garantir novos avanços em 2021”, disse.

Na série de matérias propostas pelo governador à Assembleia, foi destacada a aprovação pela Assembleia da lei que institui o programa Trabalho Jovem, para contratação deste segmento no mercado de trabalho, assim como apoio a iniciativas em negócios coordenados por jovens. A medida provisória que trata do Cheque Minha Casa é outra proposta do Governo para a Alema e vai conceder R$ 600 a famílias carentes para compra de móveis e eletrodomésticos, além de estimular a geração de emprego no comércio. Ainda, a instituição de prêmio em forma de abono no valor de R$ 350, criado para reconhecer profissionais de saúde da rede estadual.

O presidente da Alema, Othelino Neto, enfatizou que a relação harmônica e respeitosa entre o legislativo e o executivo é fundamental em anos de normalidade e muito mais em um período de crise política, financeira e sanitária, a exemplo do cenário atual no mundo, por conta do novo coronavírus. “Esta relação favoreceu muito para que as políticas públicas, especialmente as de combate do coronavírus, pudessem ter a efetividade que estão tendo no Maranhão, a ponto de controlar os índices do vírus e reduzir as mortes. E o Maranhão vai continuar assim, mantendo relação harmônica, preservando a independência, mas sempre olhando o fundamental, que é o interesse da sociedade maranhense”, ressaltou Othelino Neto.