FIEMA celebra sucessos e olha para o futuro neste fim de ano  

SÃO LUÍS – À medida que o ano de 2023 termina, o Sistema Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) celebra um ano de conquistas significativas e olha para o futuro com otimismo e determinação. Ao longo de 2023, a FIEMA continuou a desempenhar um papel crucial na promoção do desenvolvimento industrial no Estado, por meio de uma variedade de iniciativas e programas, trabalhando incansavelmente para apoiar as indústrias locais, promover a inovação e fomentar o crescimento econômico. 

Um exemplo é o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), que promoveu mais de R$ 40 milhões em negócios apenas entre empresas locais e entidades do Sistema S em 2023. Foram cerca de 1.100 indicações de fornecedores, mais de 350 oportunidades de negócios divulgados, 16 empresas certificadas no PROCEM, 19 adesões de novas empresas apoiadoras e 70 visitas técnicas realizadas pela equipe do PDF em 2023. 

“Estamos extremamente orgulhosos do que conseguimos alcançar em 2023”, disse o presidente da FIEMA, Edilson Baldez. “Mas não vamos descansar. Estamos ansiosos para 2024 e temos grandes planos para continuar a impulsionar o progresso industrial em nosso estado.” 

A Expo Indústria Maranhão 2023, realizada pelo Sistema FIEMA (SESI, SENAI, IEL e Federação) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi um marco para a indústria do Estado e do Brasil. O evento, que é o maior do tipo multissetorial do Norte e Nordeste, reuniu mais de 210 expositores e focou nas áreas cruciais de ESG (Environmental, Social and Corporate Governance), Capital Humano, Tecnologia e Inovação.  

A feira foi além de simples exposições, demonstrando a força produtiva do Maranhão e impulsionando o uso dos produtos locais, fortalecendo a colaboração e criando redes entre empresas e o público consumidor. Além disso, a Expo Indústria abriu espaço para capacitar mais de 3 mil talentos e teve o potencial de catalisar cerca de R$ 290 milhões em negócios. A expectativa era que a feira recebesse cerca de 40 mil pessoas nos quatro dias de programação. 

“A FIEMA está comprometida em trabalhar em prol do desenvolvimento industrial sustentável, da inovação e da excelência. Com a contínua dedicação e apoio de nossos membros, estamos confiantes de que 2024 será um ano de ainda mais conquistas”, destacou o superintendente da FIEMA, César Miranda. 

Perspectiva Industrial para o Brasil em 2023 – A Confederação Nacional da Indústria (CNI) prevê uma expansão do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil de 1,6% em 2023. 

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) lançou as bases para uma nova industrialização do país. 

A perspectiva para a indústria em 2023 é incerta, com algumas projeções apontando para crescimento e outras para um novo declínio.