.

Prefeitura de São Luís prepara volta às aulas presenciais com ações de acolhimento para famílias e educadores

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), está realizando uma série de visitas às Unidades de Educação Básica (U. E. Bs.), para levar o projeto ‘Diálogos e Reencontros’. A iniciativa, que segue todas as orientações acerca dos cuidados e higiene necessários ao combate à pandemia, tem como objetivo aproximar mães, pais, responsáveis e professores das escolas, preparando o ambiente para a volta das aulas em modelo híbrido, previstas para o próximo semestre letivo. 

A ação já foi realizada na U. E. B. Miguel Lins Anexo, localizada do bairro Ipase de Baixo; na U. E. B. Mary Serrão Ewerton, localizada em Pedrinhas, Zona Rural; e na U. E. B. Alberto Pinheiro Infantil, região central da capital maranhense. Na próxima semana, o projeto será levado às U. E. Bs. Governador Jackson Kepler Lago, Pedro Marcosini Bertol e Sofia Silva. 

“A Prefeitura está acolhendo e dialogando com professores, famílias e estudantes da rede municipal de São Luís. Desta forma, conseguiremos ter um retorno gradual das aulas presenciais, seguro e tranquilo, previsto para o próximo semestre letivo. Precisamos cuidar dos impactos emocionais que a pandemia trouxe para os professores e para comunidade escolar, e essa tem sido uma das principais missões do Município neste momento”, disse o secretário municipal de Educação, Marco Moura. 

O acolhimento na escola Miguel Lins Anexo teve a participação da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), com atividades culturais e da Escola de Música Municipal (Emmus), com ações musicais, o que torna o momento ainda mais humano e prazeroso. Na U. E. B. Mary Serrão Ewerton, o evento aconteceu com atividades de relaxamento com os professores, pessoal do setor administrativo, segurança escolar, auxiliares de limpeza, gestores, pais e estudantes da escola. 

“É muito importante preparar as crianças e os pais dos estudantes para o retorno das aulas presenciais”, afirma Júlia Graciele, mãe da pequena Gabriela de Jesus, de 4 anos, estudante do Infantil I, na U. E. B. Alberto Pinheiro Infantil. “Com as orientações que recebemos no acolhimento, nos sentimos mais confiantes em levar nossos filhos à escola, sabendo que eles serão recebidos com segurança”, disse ela.

Projeto

Na escola Alberto Pinheiro Infantil, o momento foi de descontração com peça teatral, música e orientações de higiene e limpeza com a fonoaudióloga do da Semed, Janaína Vasconcelos. “Estamos apoiando a reabertura das escolas, junto a parceiros, e esperamos que os pais saiam com o máximo de informações sobre os cuidados que devem manter antes e depois da escola, compreendendo e colocando em prática, pois esse é o nosso objetivo principal”, afirmou. 

A psicóloga e articuladora do Núcleo de Acolhimento Emocional e de Bem-Estar da Educação (NAED) da Semed, Alice Calixto, destacou que “o NAED iniciou ações voltadas para o acolhimento e escuta dos profissionais das equipes escolares, famílias e alunos, por meio de sua equipe multidisciplinar e diversos parceiros. Instituições estão sendo estruturadas e inauguradas com toda infraestrutura necessária para uma esperança de um futuro de ensino híbrido”, completou.

Ações

Ainda como parte das ações de preparação para a retomada das aulas presenciais, o prefeito Eduardo Braide está entregando escolas da rede municipal totalmente reestruturadas por meio do programa Escola Nova. 

Já foram entregues à comunidade escolar, as unidades Pedro Marcosini Bertol, no bairro Jaracati; Alberto Pinheiro (anexo infantil), no Centro; Senador Miguel Lins, no bairro Ipase de Baixo; Governador Jackson Kepler Lago, na Cidade Operária; Mary Serrão Ewerton, no bairro Pedrinhas; e Sofia Silva, na Vila Passos, todas reformadas, com novos mobiliários, equipamentos e totalmente adaptadas com acessibilidade e para atenderem aos novos protocolos sanitários.