.

Especial “CNN Nosso Mundo” discute o avanço da Ômicron

Nesta  *sexta-feira, 28 de janeiro, às 22h30,* o *“CNN Nosso Mundo”* coloca luz sobre o momento atual da pandemia, que avança com a variante *Ômicron*, se alastrando por vários paísesPara conversar sobre o tema com as apresentadoras *Luciana Barreto, Rita Wu, Thais Herédia e Lia Bock*, a produção convidou o médico infectologista *Alberto Chebabo*, novo presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia.

*Alberto Chebabo* atua na área de infectologia com foco em controle de infecção hospitalar, microbiologia e doenças infecciosas bacterianas e virais. E também é o *diretor médico* do Hospital Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). . Ele afirma que achar que o vírus não vai continuar em mutação, se adaptando, é um erro. Mas, de agora em diante, “teremos um hospedeiro, nós, seres humanos, mais acostumados com as variantes”, explica.

Com o avanço rápido dos casos de infecção pela variante *Ômicron*, as pessoas tiveram de voltar a viver com as restrições indicadas pelas autoridades sanitárias. Eventos, shows e festas, como o carnaval, foram cancelados. A diferença, segundo o médico, é que a Ômicron tem a capacidade menor de causar pneumonias e infecções nos pulmões.  

O episódio *“Novos rumos da pandemia”* falou também sobre os testes para detectar a Covid-19. “Eu sou a favor da liberação do autoteste, a questão é saber se ele vai resolver o problema de testagem aqui no país”, opina  *Chebabo*.  “A tendência do vírus é se adaptar à população mais suscetível, nesse caso, as crianças”, afirma. 

No  Brasil, a notícia boa é que neste mês de janeiro teve início a vacinação de crianças de cinco a 11 anos, o que traz um pouco de alívio  à população. Mas, segundo *Chebabo*, a situação poderia estar melhor. “Se a gente tivesse começado a vaciná-los em dezembro, a gente tinha chegado agora com pelo menos uma dose aplicada nas crianças”, explica. E para combater o vírus, a vacinação ainda é a melhor saída, segundo o infectologista: “A gente precisa de vacinas que produzam anticorpos com a capacidade de bloqueio para as variantes que estão rodando hoje”, conclui.

O programa “CNN Nosso Mundo” é exibido às sextas-feiras (22h30) pela CNN Brasil.

*Sobre a CNN Brasil*

A CNN Brasil começou a operar em 15 de março de 2020, produzindo conteúdos multiplataformas, com notícias transmitidas na TV, rádio, site, aplicativo e YouTube e, ainda,   em perfis nas redes sociais Instagram, Facebook, Twitter e LinkedIn, pushes, notificações, newsletters e podcasts.

A emissora já conquistou 20 prêmios e, em seu elenco, figuram alguns dos jornalistas mais reconhecidos e com maior credibilidade junto ao público nacional, além de novos talentos do telejornalismo.