Entenda a diferença de artrose e artrite

Artrose e atrite são condições relacionadas, mas que se diferenciam entre si, isso porque afetam as articulações do corpo.

A artrite é uma inflamação nas articulações que gera dores, inchaço e rigidez, e existem diferentes tipos. Uma delas é a artrite reumatoide, uma doença autoimune, e a outra é a osteoartrite, que se deve ao desgaste natural das articulações.

Artrose é frequentemente chamada de osteoartrite quando está relacionada às articulações, sendo uma condição degenerativa da cartilagem.

Nesse caso, a cartilagem que reveste as extremidades dos ossos se desgasta gradualmente, o que provoca dor, inchaço e movimentos limitados.

É uma condição mais comum em idades avançadas e pode afetar as articulações dos joelhos, quadris e mãos. Tanto uma quanto a outra geram impactos na qualidade de vida do paciente, devido a dores crônicas e limitações das atividades diárias.

É necessário obter um diagnóstico adequado e administrar a condição para lidar com ela da melhor forma, o que geralmente envolve medicamentos, fisioterapia ou até mesmo cirurgia.

Para compreender melhor o assunto, este artigo vai mostrar os sintomas da artrite, seu tratamento, os sintomas da artrose e seus tratamentos, as diferenças entre essas condições, como podem ser prevenidas, como fazer o diagnóstico e qual especialista procurar.

Sintomas e tratamento da artrite

Artrite é uma condição que pode manifestar diferentes sintomas, e tudo depende do tipo que o paciente apresenta. Alguns dos mais comuns são:

  • Dor nas articulações;
  • Inchaço;
  • Rigidez;
  • Vermelhidão;
  • Diminuição da amplitude de movimento.

Essa dor pode ser persistente ou intermitente, podendo piorar de acordo com os movimentos. Quanto à artrite reumatoide, além de acometer as articulações, também gera fadiga, febre baixa e perda de peso.

Em uma clínica de recuperação de alcoólatras , o médico ortopedista pode diagnosticar um dos internos com osteoartrite, uma condição relacionada ao desgaste das articulações, que provoca dor e rigidez no local afetado.

O tratamento da artrite tem como propósito aliviar a dor, reduzir as inflamações, melhorar a função das articulações e retardar a progressão da doença.

Os medicamentos são muito importantes, e os mais comuns são anti-inflamatórios não esteroides, corticosteroides e medicamentos que modificam a doença.

A fisioterapia também é essencial no tratamento da artrite porque melhora a amplitude dos movimentos, fortalece os músculos ao redor das articulações e diminui as dores.

O indivíduo precisa praticar exercícios de baixo impacto regularmente, controlar o próprio peso e adotar técnicas de gerenciamento do estresse.

Se tais medidas não forem eficazes, pode ser necessário fazer uma cirurgia, substituindo a articulação, principalmente no caso da osteoartrite severa, para que o paciente se sinta aliviado em relação às dores e tenha mais qualidade de vida.

Sintomas e tratamento da artrose

Artrose, também conhecida como osteoartrite quando afeta as articulações, é uma doença degenerativa que prejudica as cartilagens e pode afetar a qualidade de vida.

Antes de procurar qualquer atividade física, como pilates para artrose no joelho , o paciente precisa entender que os sintomas mais comuns são:

  • Dor nas articulações;
  • Rigidez;
  • Inchaço;
  • Perda de amplitude dos movimentos.

No início, a dor pode até estar associada à atividade física e melhorar com repouso, mas quando a condição progride, se torna mais constante.

Costuma afetar os joelhos, quadris, mãos e coluna vertebral, e quando atinge a coluna, a pessoa sente muita dor nas costas e no pescoço, podendo ter complicações mais graves, como compressão nervosa.

O tratamento tem como objetivo diminuir a dor, melhorar as articulações e retardar a progressão da doença. Entre as opções mais conservadoras estão a fisioterapia e os exercícios que fortalecem os músculos ao redor das articulações e trazem estabilidade.

O controle de peso é muito importante para evitar problemas maiores nas articulações que vão acentuar ainda mais os sintomas.

Os pacientes costumam ser medicados com analgésicos e anti-inflamatórios não esteroides para aliviar a dor e a inflamação.

Um reumatologista especialista em artrose pode perceber que o caso de determinado paciente está mais avançado, e nesse caso, recomenda injeções intra-articulares de corticosteróides para trazer alívio temporário.

A cirurgia substitui a articulação e é considerada quando a doença está em um estágio mais avançado, principalmente quando o paciente sente muita dor e pode perder funções significativas.

Diferenças entre artrite e artrose

Artrite e artrose são condições que prejudicam as articulações, mas podem apresentar diferenças em relação à origem, sintomas e tratamento.

Como falado anteriormente, a artrite é uma inflamação das articulações e pode resultar em processos autoimunes, como a artrite reumatoide e até infecções. Sua característica mais comum é a inflamação, que provoca dor, inchaço e rigidez.

Já a artrose, também conhecida como osteoartrite quando relacionadas às articulações, é uma doença degenerativa que provoca desgaste natural das cartilagens que ficam nas extremidades dos ossos.

Atividades como pilates para idosos com osteoporose podem aliviar as dores da artrose, tendo em vista que a perda de cartilagem provoca atrito e desconforto nas articulações afetadas.

Assim sendo, enquanto a artrite é uma resposta inflamatória do sistema imunológico, a artrose é o envelhecimento e o desgaste gradual das articulações.

Mesmo que seus sintomas sejam semelhantes, cada condição possui uma característica distinta, e o tratamento precisa ser personalizado para atender às necessidades do paciente.

É possível prevenir?

Não é possível prevenir completamente artrite e artrose, mas existem algumas medidas que ajudam a reduzir os riscos de desenvolver essas condições e melhorar ainda mais a saúde das articulações.

Uma das coisas mais importantes é manter o peso saudável, pois o excesso de gordura coloca pressão adicional nas articulações, principalmente naquelas que suportam o peso, como joelhos e quadris.

Praticar exercícios físicos regularmente também fortalece os músculos das articulações e oferece suporte adicional que traz mais estabilidade.

Um ortopedista que trabalha em um espaço por aluguel de horário em consultório médico recomenda cuidar das articulações e evitar lesões nessas áreas.

Assim sendo, durante a prática de esportes ou atividades físicas intensas, é necessário usar equipamentos de proteção adequados e seguir as medidas de segurança.

É fundamental ter uma dieta balanceada e rica em nutrientes, principalmente aqueles que beneficiam a saúde das articulações, como os ácidos graxos, ômega 3 e antioxidantes, que desempenham um papel muito importante na prevenção da condição.

Além disso, é muito importante evitar o tabagismo e o consumo excessivo de bebida alcoólica, pois podem aumentar os riscos de artrite reumatoide.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico de ambas as condições envolve uma avaliação clínica cuidadosa, e em alguns casos pode ser necessário realizar exames complementares.

No caso da artrite, os médicos que trabalham em uma clínica de cirurgia de tendões agendar podem se basear nos sintomas do paciente, como dor, inchaço e rigidez nas articulações. Mas também podem solicitar exames de sangue para indicar marcadores inflamatórios.

Já no caso da artrose, o diagnóstico costuma ser confirmado por meio de histórico clínico, exames físicos e exames de imagem, como radiografias. Elas mostram o desgaste da cartilagem e possíveis alterações nas articulações.

Mas é importante que o diagnóstico seja realizado com base na avaliação de um profissional de saúde, preferencialmente um reumatologista para artrite ou um ortopedista para artrose.

Eles conseguem tratar os sintomas, levam em conta o histórico médico e analisam resultados de exames para determinar qual é a melhor opção de tratamento para o paciente.

Que especialista procurar?

Para diagnosticar e tratar problemas de artrite e artrose, o paciente precisa procurar dois tipos de especialistas médicos.

Se a pessoa está sentindo alguma dor muito específica durante os exercícios com um personal trainer particular , pode procurar um reumatologista, principalmente se tiver suspeita de artrite.

Esse profissional é ainda mais importante se a pessoa estiver desconfiada da versão autoimune, como a artrite reumatoide. O médico tem condições para avaliar o distúrbio do sistema músculo esquelético e das articulações, por meio de avaliações detalhadas.

Outra opção é o ortopedista, mas este profissional é mais indicado para a artrose e outros problemas relacionados às articulações.

Esse médico se concentra no diagnóstico e tratamento de problemas músculo esqueléticos, o que inclui desgastes nas articulações.

Além de explicar para o paciente os tipos de exercícios que podem realizar em esteira Caloi usada e outros equipamentos, também vai especificar se o paciente precisa de fisioterapia ou até mesmo uma cirurgia, de acordo com a gravidade do caso.

Considerações finais

Artrite e artrose são condições que podem afetar o sistema músculo esquelético e precisam de abordagens diferentes em relação ao diagnóstico e tratamento.

É muito importante consultar um reumatologista ou um ortopedista para identificar o que realmente está acontecendo e iniciar o tratamento o quanto antes.

São profissionais essenciais para cuidar da doença da melhor forma e para que o paciente tenha melhoras em sua qualidade de vida.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento , onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.