Embratur e Maranhão vão atuar em conjunto para aumentar competitividade do estado

A Embratur irá contribuir com o Maranhão na promoção internacional dos destinos e atrativos do estado. A parceria firmada nesta quinta-feira (26/01) durante encontro entre o presidente da Agência, Marcelo Freixo, e o governador Carlos Brandão, tem como objetivo tornar o estado nordestino mais competitivo internacionalmente, com iniciativas voltadas a atrair mais turistas estrangeiros.

As ações serão focadas em duas frentes. A primeira envolve uma rota integrada com destinos do Amazonas, Pará e Maranhão e outra que liga o sul do Maranhão ao Tocantins, tendo como elo os Parques Nacionais Chapada das Mesas (MA) e Jalapão (TO).

“A Embratur será parceira de todos os governadores para que a gente torne os destinos brasileiros mais competitivos no exterior. O Maranhão tem políticas públicas de turismo muito bem estruturadas, os Lençóis Maranhenses atraem visitantes do mundo todo e nosso papel será fortalecer essas iniciativas”, destacou Freixo.

Na reunião em Brasília, o presidente da Embratur também indicou que visitará o estado em breve e reforçou que iniciativas como essa de integrar rotas turísticas “são importantes para potencializar o turismo nos estados numa relação em que todo mundo ganha.” O próximo passo será elaborar junto com os governos locais a melhor estratégia conjunta para divulgar a nova rota.

Acompanhado do secretário de Turismo do Maranhão, Paulo Matos, o governador Carlos Brandão celebrou a união entre estado e a Embratur. “A rota Maranhão, Pará e Amazonas é muito importante. A gente quer que o turista estrangeiro que vem aos Lençóis estique a viagem até a floresta amazônica. E da mesma forma o que vier conhecer a floresta venha também aos Lençóis. Temos a certeza de que a Embratur será uma parceira nossa.”

Maranhão internacional

Vale ressaltar que o Maranhão já ocupa lugar de destaque entre os destinos mais procurados por turistas internacionais no Brasil, sobretudo pelas alternativas de natureza e aventura contempladas nos Lençóis Maranhenses. O local, inclusive, foi apontado pelo jornal The New York Times como o 11º destino turístico do mundo como melhor experiência para se vivenciar em 2023. A lista anual da publicação indica 52 destinos globais e o Brasil também aparece na 41ª posição, com a capital do Amazonas, Manaus, destacada pela experiência gastronômica.

Outra posição de destaque internacional da atração no Maranhão é o fato de ter sido indicado pelo Brasil, em 2023, ao título de Patrimônio Natural da Humanidade da Unesco.