Em dois dias, Governo entregou mais quatro escolas dignas

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), entregou quatro Escolas Dignas nessas quinta-feira (2) e sexta-feira (3) às comunidades de Santa Helena e Turiaçu, na região do Turi, e Marajá do Sena, na região do Médio Mearim. São prédios construídos pelo Programa Escola Digna, no eixo Regime de Colaboração com os Municípios.

Nessa sexta-feira, na cidade de Santa Helena, a comunidade escolar recebeu a obra de ampla reforma do antigo Centro de Ensino Newton Bello, que foi transformado em Centro Educa Mais Newton Bello, uma das novas escolas de Ensino em Tempo Integral criadas pelo Governo do Maranhão este ano. A escola é a mais tradicional da cidade, há anos esperava por uma reforma. A estrutura estava bem comprometida e a imagem da escola era desanimadora.

A obra contemplou praticamente uma reconstrução. Foram realizados serviços em toda a estrutura física do prédio com recuperação da infraestrutura de alvenaria, da cobertura, instalação de forro, troca de piso e revestimento cerâmico, de instalações elétricas e sanitárias, pintura geral. Os banheiros foram amplamente reformados e ganharam louças novas. Além disso, a escola recebeu a tão sonhada climatização, ganhou novos laboratórios, e a biblioteca, que também foi reformada, recebeu um novo acervo.

O Governo do Maranhão investiu mais de R$ 2.500.000 na obra que transformou a imagem da escola e a autoestima da comunidade escolar, que agora tem uma estrutura verdadeiramente digna com as condições adequadas para o processo de ensino e aprendizagem. 

“Em nome de toda comunidade escolar, eu agradeço imensamente ao governo estadual do Maranhão e toda a sua equipe, por ter nos entregue essa escola que é um sonho para toda a comunidade helenense. Por aqui já passaram muitos estudantes que, ao longo dos tempos, sonhavam poder estudar em uma escola verdadeiramente digna, e hoje nós podemos concretizar esse sonho. Agradecemos por esse grande presente que esta comunidade tanto merece”, disse a professora Francielma Viegas Pereira Coelho, gestora da escola.  

“A entrega dessa obra tem um gostinho muito especial, porque além de ser uma Escola Digna para os estudantes e professores, essa é, agora, uma escola em tempo integral. É uma grande conquista, uma grande obra entregue à população de Santa Helena, sempre graças às determinações do governador Flávio Dino e do secretário Felipe Camarão. Sem a coragem e determinação deles isso não seria possível”, destacou o secretário adjunto de Administração da Seduc, Daniel Carvalho, que representou o Governo do Maranhão na entrega da chave à comunidade escolar.

Em Turiaçu, uma Escola Digna também chegou para a comunidade de Porto Santo, a 40 quilômetros da sede do município. O novo prédio da Escola Municipal de Educação Infantil União tem duas salas de aula, secretaria, cozinha, pátio interno e banheiros. A obra, que vai beneficiar mais de 100 estudantes, recebeu investimentos de R$ 369.145,75 oriundos do BNDES. Em parceria com a Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), foram perfurado o poço artesiano e colocada a rede de distribuição.

A agenda de entregas desta semana começou na quinta-feira (2) por duas comunidades de Marajá do Sena. No povoado Chapada da Conquista, a 30 quilômetros da sede, o governo entregou à comunidade, onde vivem 50 famílias, o novo prédio da Escola Municipal Maria da Silva Nascimento.

“O escritor moçambicano Mia Couto usa um dos seus personagens para mostrar a sabedoria do povo africano. “O que faz andar a estrada? É o sonho. Enquanto a gente sonhar a estrada permanecerá viva. É para isso que servem os caminhos, para nos fazerem parentes do futuro”. O nosso é a construção de uma sociedade com mais igualdade, com mais justiça e desenvolvimento. A educação é a grande ponte que nos liga ao passado, que constrói o presente, nosso sonho do futuro. Obrigada Governador Flávio Dino, Secretário Felipe Camarão, por entregarem em nosso município cinco Escolas Dignas. Obrigada pelo seu compromisso com a sociedade de maranhense de hoje e do amanhã”, ressaltou a secretária municipal de Turiaçu, Izaurete Ribeiro.

Já no povoado Campo Seco, a 40 quilômetros da cidade, foi entregue a Escola Municipal Monteiro Lobato, também, em substituição à uma estrutura inadequada, de taipa, caindo aos pedaços. Os prédios escolares, entregues às duas comunidades, são unidades de duas salas de aula, secretaria, cozinha, pátio interno e banheiros. Juntas, as obras receberam investimentos na ordem de quase R$ 900 mil, que irão beneficiar 49 estudantes dos dois povoados que, agora, terão estruturas adequada e confortável para estudar.

As construções substituem antigas estruturas de taipa, improvisadas, escuras, úmidas no período chuvoso e poeirentas na época da estiagem. As antigas escolas não ofereciam as mínimas condições necessárias para um processo efetivo e prazeroso de ensinar e aprender. Há décadas os moradores aguardavam por escolas estruturadas para seus filhos estudarem. 

As inaugurações de equipamentos educacionais construídos, reformados ou revitalizados pelo Governo do Maranhão haviam sido suspensas desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março. As entregas só foram retomadas na segunda quinzena de junho, com adoção de todas as medidas de segurança necessárias: sem solenidades, entrega restrita à direção da escola, com número mínimo de pessoas presentes, uso de máscaras e distanciamento entre os participantes. 

“Para o Governo do Maranhão, é muito significativa essa reestruturação das escolas, tanto da rede estadual, quanto das redes municipais, por meio do Regime de Colaboração com os municípios, porque entendemos que ter espaços dignos e acolhedores para estudar é um direito de toda criança, de todo adolescente, de todo jovem. Cada escola construída ou reformada, que entregamos, é um espaço mais adequado para a construção de cidadania e conhecimento que colocamos à disposição da comunidade escolar, da sociedade. Isso é o que importa. E estamos retomando essa agenda, com todo o cuidado que esse momento exige”, pontuou o secretário Felipe Camarão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.