Desembargador Joaquim Figueiredo exalta Bumba Meu Boi pelo título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Joaquim Figueiredo, exaltou o Bumba Meu Boi do Maranhão pelo título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O desembargador disse considerar o reconhecimento do Bumba Meu Boi motivo de orgulho para todo o Maranhão e para o Brasil, sendo o título um estímulo para que a vertente folclórica e musical prossiga em sua trajetória de revitalização da cultura maranhense, com a intervenção criativa dos amantes da brincadeira que encanta a todos que a conhecem.

“O amor dos maranhenses pelo Bumba Meu Boi, que agora conquistou o mundo, é um sentimento cultural e exemplo único de interação, entretenimento entre os maranhenses que conferem valor universal a uma manifestação folclórica secular, digna de ser partilhada por toda a humanidade, pelas gerações, no presente e no futuro, e, em especial, por toda a família judiciária maranhense”, frisou o desembargador Joaquim Figueiredo.

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão ressaltou que não consta hoje na lista do Patrimônio Mundial qualquer vertente cultural com a combinação de valores e atributos incorporados pelo Bumba Meu Boi do Maranhão.

Antes do título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade concedido pela Unesco, o Bumba Meu Boi foi reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural do Brasil em 2011.

O Bumba Meu Boi congrega diversos bens associados em uma rica manifestação ancorada no catolicismo popular com devoção a São João, São Pedro e São Marçal, com indumentárias, coreografias, instrumentos musicais tradicionais e personagens.

Diz a lenda que Catirina, grávida, sentiu desejo de comer a língua do boi mais precioso da fazenda onde trabalhava. Para satisfazer as vontades da amada, Pai Chico matou o boi, deixando inconformado o seu patrão. Com a ajuda de seres mitológicos, o boi ressuscitou, deixando todos felizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.