Defesa Civil monitora chuvas e vistoria pontos de alagamentos em bairros

A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil (Sumpdec), órgão da Prefeitura de Imperatriz, realizou na noite desta sexta-feira (11) e manhã deste sábado (12) monitoramento da chuva e pontos de alagamentos em vários bairros da cidade. Objetivo foi verificar áreas críticas e a prevenção a desastres naturais.

O superintendente Josiano Galvão disse que dados repassados pelas estações pluviométricas do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registraram precipitação de chuvas (acúmulo das últimas seis horas de ontem à noite) entre 10 a 12 milímetros na cidade de Imperatriz.

“Porém, o índice pluviométrico registrou um volume bem maior de chuvas na área da grande Cafeteira que inclui os bairros Vila Ipiranga, João Castelo, Mutirão e Parque Amazonas chegando a mais de 45 milímetros no começo da noite desta sexta-feira”, disse ele, que designou equipes para realizar o monitoramento de pontos de alagamentos e vistoriar áreas críticas nos bairros.

Os dados divulgados pelo Cemaden revelam ainda que o setor da Infraero registro 12,6 milímetros de chuvas; bairro da Caema 9,4 mm; e apenas 10 mm na área central de Imperatriz, com média de até 19,4 milímetros de chuvas.

Josiano Galvão ressalta que o trabalho realizado preventivamente pelos agentes da Defesa Civil permitem minimizar os danos causados pelas chuvas, principalmente em áreas que oferecem riscos à comunidade.

O superintendente orienta a população que, em caso de emergência, deve entrar em contato imediatamente com a Defesa Civil pelo telefone (99) 99152-0832. “Dessa forma, a Superintendência possibilita uma intervenção mais rápida e eficiente para deslocamento dos agentes que atuam diretamente no monitoramento de áreas críticas na cidade”, frisou.

Josiano Galvão reiterou que a Defesa Civil reforçou o monitoramento dos locais de possível alagamento nos bairros de Imperatriz.