Covid-19: Prefeito Raimundo Coquinho edita novo decreto para evitar aglomeração de pessoas em Davinópolis

O prefeito Raimundo Coquinho editou novo decreto que suspende até 20 de abril a realização de atividades coletivas e de eventos que envolvam aglomeração de pessoas em Davinópolis. Medida visa conter a disseminação da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). A decisão é válida inclusive para atividades previamente autorizadas pelo poder público municipal – esportivas, religiosas, político ou cultual.

Pelo decreto, estão suspensas a realização de vaquejadas, cavalgadas, passeatas e afins. Além disso, estão suspensos o funcionamento das atividades e os serviços não essenciais, a exemplo de academias, bares, restaurantes, lanchonetes, centros comerciais, lojas e estabelecimentos congêneres.

Atividades que não foram incluídas no Decreto: assistência médico-hospitalar, a exemplo de hospitais, clínicas, laboratórios e demais estabelecimentos de saúde;  distribuição e a comercialização de medicamentos; distribuição e a comercialização de gêneros alimentícios por supermercados e congêneres;  serviços relativos ao tratamento e abastecimento de água;  serviços relativos à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica gás e combustíveis;  serviços de captação e tratamento de esgoto e lixo;  serviços funerários; serviços de telecomunicações; processamento de dados ligados a serviços essenciais; segurança privada e imprensa.

As aulas rede municipal de ensino estão suspensas até o final 26 deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.