Corregedor-Geral recebe visita do Conselho Superior de Segurança Pública

O corregedor-geral da Justiça, desembargador Paulo Velten, reuniu-se na tarde dessa quinta-feira (17) com o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela. Na visita institucional, o secretário apresentou os integrantes do Conselho Superior de Segurança do Estado, composto por membros das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e sociedade civil organizada.

Jefferson Portela também solicitou ao corregedor o fortalecimento e avanço da parceria firmada em junho de 2018 entre Executivo e Judiciário, por meio de Termo de Cooperação, com o fim de viabilizar a correta destinação de objetos apreendidos nas investigações policiais e processos criminais, que estão depositados nos pátios das delegacias de Polícia Civil de todo o estado em processo de deterioração.

O secretário destacou que, segundo levantamento da Secretaria de Segurança Pública – SSP, existem cerca de 500 a 700 motocicletas depositadas por Delegacia de Polícia Civil do Interior do Estado. “Recentemente perdemos 50 carros em um incêndio de causas naturais, período muito seco, em Timon, veículos objetos de apreensão, sem proprietários, que poderiam ter outro destino”, pontuou.

O corregedor sinalizou positivamente e ressaltou que é de interesse do Judiciário a correta destinação desses bens, seja para leilão ou doação, quando o caso permitir, à instituições para o desenvolvimento de seus trabalhos; ou mesmo para sua reciclagem ou correto descarte, respeitando as normas ambientais. “Vamos estudar e implementar as alterações que forem necessárias, pois precisamos avançar para além das iniciativas e aperfeiçoar exercício da prática”, ressaltou.

O secretário também abordou questões relacionadas ao Plantão Criminal no âmbito das comarcas da Ilha de São Luís e Interior, e decisões administrativas proferidas pelo Conselho Superior de Segurança.

Participaram da reunião o delegado-geral da Polícia Civil, Leonardo Diniz; o coordenador do programa Pacto pela Paz, Dicival Gonçalves; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Pedro Ribeiro dos Reis; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Célio Roberto Araújo; a corregedora-geral de Segurança Pública, Milayde Gomes; e a ouvidora do Sistema de Segurança Pública, Elivânia Estrela Aires.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.